Fontes

[FP] Lana D'yer Elrien

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Lana D'yer Elrien

Mensagem por Loki em Sex Jan 29, 2016 6:43 am


▎NOME COMPLETO
Lana D’yer Elrien.

▎ALCUNHA
Nyxer.

▎IDADE
15 anos.

▎RAÇA
Humana.

▎GRUPO
Independente.

▎PROFISSÃO
Estudante das artes ocultas e ladra.


❝Questionário❞


▎CARACTERÍSTICAS
Lana nasceu em Vancouver, Canadá, no dia 11/05/1999, sob o signo de touro. Isso é apenas o que sabe sobre seu nascimento.  Atualmente vive em Las Vegas. Não teve nenhum tipo de relação com seus pais biológicos, sequer os conheceu, tornou-se órfã muito cedo. Dessa forma desenvolveu uma personalidade um pouco mais reclusa.  

Desde pequena apenas mantém contato estreito com uma figura estranha e misteriosa, que a protege e exerce uma grande influência sobre ela, tornando-a alguém super dependente e dedicada. O homem se apresenta como Érebus e comanda uma rede de cassinos na cidade.

Sua infância foi difícil, rodeada por traumas e rejeições que muito interferiram em sua personalidade. Foi adotada ainda bebê por um casal de americanos e com eles veio para os EUA. Cresceu até os cinco anos com esse casal, mas foi apresentando um comportamento incomum e assustador. Ela falava sozinha e passou a “prever” acontecimentos. Muitas vezes, na escuridão, as sombras pareciam envolvê-la ou aparecerem em formas humanoides. Quando seu pai adotivo foi atacado por uma dessas forças acabou tomando uma atitude drástica: abandonou a menina.

Rejeitada pelos seus pais adotivos, Lana foi descartada em uma rua de Los Angeles. Não demorou para que fosse parar em um orfanato e por lá permaneceu por alguns meses até conhecer Érebus e partir com ele para Las Vegas. Assustada e com medo de ser mais uma vez rejeitada, no começo evitou falar sobre seus dons e sobre as sombras que sempre a acompanhavam. No entanto, para sua surpresa, o homem revelou saber muito mais do que ela sequer imaginava.

Durante muitos anos Érebus foi sua única companhia, o único apoio com quem ela pôde contar após o abandono. Muitas vezes Elrien o viu como somente um salvador, contudo, a visão ultimamente vem mudando e o misterioso homem passa a torna-se cada vez mais sinistro, principalmente porque parece nunca envelhecer e vem tentando apresentar a garota à personalidades curiosas, pessoas que também possuem dons especiais.

A garota nunca experimentou uma paixão jovial ou algum relacionamento no estilo mais romântico, mas estranhamente em seu aniversário de 15 anos “casou-se” com Érebus em uma cerimônia peculiar, sob a escuridão de uma noite sem lua ou estrelas, em um eclipse total.  

Durante toda sua vida a morena só permaneceu na escola em seus primeiros cinco anos, quando ainda permanecia adotada pela família que a abandonara. Quando passou a viver com Érebus nunca mais pisou em um local como esse. Todo o conhecimento que ele possui, que parece tão imenso como o universo, está sendo passado para a garota pouco a pouco pelo próprio tutor e por criaturas incomuns.

Ela vive sob a tutela de Érebus. No entanto comete roubos dos mais variados tipos. Lana foi treinada para isso também. Aqueles que são ‘abençoados pela sorte’ no cassino acabam perdendo todo seu dinheiro para a menina. Ela também costuma cometer pequenos furtos nas ruas barras pesada da cidade. Érebus foi seu mentor, fazendo-a saber agir pelas sombras e mostrando à ela toda a importância do dinheiro e o poder que ele tem para corromper as mentes mais fracas.

Possui uma bela aparência que a torna única. Chama a atenção pelos seus traços levemente orientais e conquista os mais desatentos com seu ar inocente. Ligeiramente alta com seus 1,70, possui um corpo esguio e esbelto que não ultrapassa os 65kg. Seus olhos de cor singular mostram um imenso abismo rodeado por mistérios. Seu sorriso é distante e gracioso como a noite e ela possui uma postura tão fascinante como o período dominado pelas estrelas.

Calada, a menina atrai olhares e certo fascínio de todos, pois possui um mistério profundo e uma áurea que atrai magneticamente. Sua aparente inocência também contribui para que seja adorada à primeira vista. Lana incita a curiosidade de certas pessoas, mas em apenas uma conversa já começa a despertar o pavor. Como a mais pura escuridão, a garota pode atrair os mais corajosos e afasta o mais covardes. Reservada e antissocial, quando dá início a uma conversa há grande possibilidade da outra pessoa querer fugir rapidamente, isso porque a menina prefere a solidão e reage com grosseria para mantê-la. No entanto, com certo jeito e em um momento oportuno, qualquer um pode ser capaz de desenvolver um diálogo interessante com ela. Sempre afastada, apenas se relacionando melhor com alguns quando a noite chega, mesmo assim sendo sempre superficial e distante, tentando nunca criar vínculos mais fortes. Pode ser extremamente hostil quando quer e quando seu humor não está dos melhores. Graças às vozes dos espíritos, D’yer sempre sabe quem lhe oferece perigo e em quem não deve confiar. Tirando isso, nunca se sente à vontade com pessoas extrovertidas demais, que falam e falam sem nem respirar.

A jovem ainda possui uma visão muito precária sobre si, já que viveu apenas ‘para e por’ seu mestre. Ainda não vê nenhuma qualidade real nela mesma que possa se orgulhar. Insegura e assustada, apenas se sente bem ao lado de seu protetor, apesar de muitos espíritos alertarem sobre um perigo que ronda essa relação. Sabe que é curiosa e vulnerável, desconhece seu real poder interior, mas normalmente coisas que a surpreendem a fazem melhorar de humor.

Um de seus maiores temores – talvez o maior – é afastar-se de Érebus ou ser rejeitada por ele.


▎Objetivos/Motivações
Atualmente seu objetivo é lidar com seu estranho poder de se comunicar com os espíritos ocultos pelas sombras e servir a Érebus.  Também vem em busca do conhecimento para a imortalidade, tudo isso para ajudá-lo, pois a cada dia que passa ele parece mais doente. A menina não tem a mínima ideia de como será seu futuro caso se torne capaz de controlar esses estranhos dons que possui. Se ela falhar em sua servidão ao seu mestre irá preferir a morte.

Lana não espera o melhor de nada e nem de ninguém. Vê o mundo como ele realmente é e nunca teve a intenção de mudar nada, por isso pouco lhe importa a paz ou o caos; seu desejo por salvar esse mundo podre, inundado por criaturas medíocres e alienadas. é tão minúsculo como um grão de areia. Individualista, apenas pensa em si mesma; apaixonada, apenas quer que aquele a quem ama permaneça seguro. Parece viver em um universo onde existe apenas ela mesma e aquele que tanto admira. O resto vive à margem de sua atenção, apenas ganha seu interesse caso possa lhe oferecer algo. Com isso não é indicado esperar que ela se sacrifique pelo mundo, mas pode contar que ela se sacrifique pelo seu mundo.


▎Gostos e Prefêrencias
Seu hobbie favorito é contemplar a noite e o brilho das estrelas, perde horas fazendo isso. Outra coisa que gosta de fazer é pesquisar sobre os mistérios do universo, escrever em seu diário secreto e conhecer mais sobre magia e anotar em seu grimório.

D’yer é extremamente simples em seu modo de se vestir. Gosta de usar roupas básicas, cores nada berrantes, sempre calça, blusa e casacos leves, pois raramente sente frio. Quando precisa se arrumar mais, opta por trajes mais delicados e com detalhes singulares.

Em sua ocupação como ladra aprecia muito a sensação do perigo. A menina costuma preferir comidas mais saudáveis, sempre frutas, grãos e carnes brancas. Tem uma mania estranha de colecionar apenas as carteiras pretas de suas vítimas.

Prefere a solidão quando não está com seu protetor por não gostar de aglomerações e muito barulho. Como gosta de refletir, prefere aqueles que falam menos ou quem tem muito a lhe ensinar e coisas surpreendentes para contar.

Apesar de não se interessar pelo luxo, mora em um dos edifícios mais luxuosos de Las Vegas. Em um apartamento imenso e vazio, um ambiente frio e rodeado pelo mistério, além de sempre dominado pela escuridão, onde raramente a luz do sol entra. Com pouca mobília, o apartamento tem uma decoração básica e sombria, apesar de não ter nada que remeta o mal. Toda essa decoração fala muito sobre o gosto discreto e obscuro da garota. O apartamento foi presente de seu protetor. O maior problema são os espíritos e toda as sombras que ganham vozes e muitas vezes não dão a ela nenhuma privacidade.

Em sua vida não há rotina. Dias ela não sai de seu quarto, outros dias passa todo seu tempo devorando livros sobre astrologia ou ocultismo, ainda há aqueles dias onde Érebus conversa com ela e a manda observar os maiores ganhadores do cassino.


▎História do Grupo
Ela é independente, desconhece o mundo mutante e sequer pensa em entrar em algum tipo de grupo.


▎História dos Poderes
Sob o véu negro da mais profunda escuridão, criaturas das mais diversas dimensões e dos mais diversos tipos ocultam-se, encontrando nas sombras seu lar. Não se pode dar certeza sobre sua índole ou intenções, já que a escuridão em sua essência é neutra como qualquer elemento e não enxerga o interior de seus habitantes. As criaturas das sombras podem tanto ser ardilosas e maléficas, quanto sábias e antigas como o próprio tempo. Em sussurros ou berros desesperados elas se comunicam com o nosso lado e falam, falam muito. Aqueles que têm o dom para vê-las e ouvi-las precisam ter muito cuidado, pois lidarão com todos tipos de entidades e muitas mentem, aprisionam, possuem desejos que precisam ser saciados e que incomodam. No entanto, não é difícil encontrar uma entidade capaz de passar muito conhecimento e instinto de proteção. Elas não são tão raras. O que o médium precisa saber é identificar a energia e as intenções das criaturas e para isso é necessário muito tempo de prática e estudo sobrenatural, além de treinar sua intuição. Outro ponto que precisa ser bem desenvolvido é a concentração e paciência. Entidades brincalhonas, depressivas e zombeteiras irão incomodar e exigir uma atenção desnecessária, já que muitas vezes não tem nada de relevante a dizer.

Os espíritos ocultos das sombras falam com Lana e são dos mais variados tipos e dimensões, não concentrando-se apenas em mortos, mas sim espíritos ligados à noite, escuridão, sombras, o oculto e desconhecido. Possuem personalidades variadas, podendo tanto ser pacíficos quanto perigosos. Apesar de muitas vezes eles serem insuportáveis, ela já não se incomoda mais em ouvi-los. Só não consegue falar abertamente sobre isso, pois acaba afastando as pessoas. Ainda não consegue lidar por completo com eles, principalmente quando encontra um mais agressivo e esse tipo não é nada raro de se encontrar.

Um poder quase desconhecido pela menina é a capacidade de paralisar a sombra do alvo e com ele imóvel as sombras mais vorazes, alguns demônios inclusive, poderão brincar e machucar a vítima, ainda gritando em seu ouvido, decidindo deixar clara sua aparência negra. Até o presente momento apenas foi usado uma vez pela garota e por isso ela não sabe se gosta, na verdade ela teme esse poder, pois a única vez que usou trouxe-lhe terríveis consequências.

Apesar desse poder ainda não ser muito reconhecido, ele é muito perigoso. Lana é capaz de imobilizar o inimigo usando a própria sombra dele. Esta sombra será animada e o prenderá por certo período de tempo. Nesse mesmo ataque e dando passagem para agirem, a menina também é capaz de animar as criaturas das sombras que existem ao seu redor, dando à elas uma liberdade momentânea. A garota dará aos espíritos e entidades mais perigosos a chance de fazerem o que adoram: brincar e machucar. Enquanto imobilizado, o inimigo será rodeado por formas humanoides obscuras e estas ficarão atormentando-o por um certo período, causando-lhe muito desespero, pavor e ferimentos. A intensidade desse ataque dependerá muito do nível da personagem, já que isso influencia muito no controle da menina sobre a escuridão e o povo que a habita.

Para falar com as sombras não é necessário muito domínio, apenas a capacidade de ouvir. O mais difícil é sempre saber suas reais intenções... E a garota não pode ouvi-las muito bem quando há muito barulho ou quando se concentra em algo, muitas vezes usa isso para ignorar as vozes que a incomodam.

Essa capacidade de comunicação pode causar grandes problemas. Apesar de acompanha-la durante toda sua vida, a menina ainda não tem total controle sobre as criaturas que decidem se comunicar, não exerce nenhuma força sobre elas e ainda não consegue identificar com exatidão suas intenções. Por isso nesse nível a garota ainda é incomodada pelos espíritos mais baixos e... Chatos! Esses espíritos são egoístas e brincalhões, raramente oferecendo informações que podem ajudar a garota. Ainda mais rara é a manifestação de sábios antigos, magos poderosos da antiguidade e, felizmente, demônios poderosos. Muitas vezes a chegada desses espíritos provocam mudanças no ambiente e sensações podem ser sentidas, essa é a melhor maneira de identificar a intenção e essência do espírito e é esse tipo de percepção que a garota precisa desenvolver. Muitas vezes as palavras e pedidos das criaturas delatam suas intenções, mas alguns são capazes de serem tão misteriosos e obscuros quanto as próprias sombras. Informações vagas serão bem frequentes e assim Lana encontra muitas dificuldades para tirar das entidades o que deseja. A paciência e concentração ainda não estão desenvolvidos completamente e volta e meia a garota ainda passa por problemas como ter mais de dez espíritos falando com ela sem ela poder ouvir com clareza. Nesses momentos a paciência a abandona e ela manda todos calarem a boca, o que não é muito indicado. Espíritos rejeitados podem ser traiçoeiros.

À medida em que vai evoluindo seu controle sobre estas forças sombrias e sobre seu próprio poder, D'yer além de se comunicar com espíritos também poderá vê-los, o que muitas vezes causará pavor na garota, já que essas entidades algumas vezes não terão aparências agradáveis. Em compensação, ela conseguirá adquirir mais controle sobre os espíritos mais baixos e conseguirá se impor diante a eles, que já a respeitarão, pois saberão que ela poderá simplesmente 'desligar' a conexão, mudando o foco de sua atenção. Essas criaturas serão capazes de oferecer muitas informações à médium e os mais educados ainda pedirão permissão para se comunicarem. As intenções de qualquer criatura se tornarão mais claras, pois a garota já conseguirá identificar melhor as vibrações que elas emanam, principalmente as das criaturas mais baixas, que não têm muito interesse em se ocultar. Nessa fase criaturas mais poderosas também passarão a se manifestar com mais frequência e o problema agora passará a ser a aparição de demônios, entidades que Lana não conseguirá controlar e muito menos impedir que se manifestem. A concentração da garota, assim como sua paciência, estarão melhores e ela conseguirá manter a ordem sobre os espíritos mais baixos, e mantendo a postura mais tranquila até mesmo diante aos mais afoitos e perigosos.

Com sua completa evolução, além de se comunicar, ver espíritos e arrancar informações dos mais baixos, no futuro Lana também irá adquirir conhecimento e será capaz de servir de receptáculo para aqueles que ela sentir que pode confiar. Nesse estado a garota apenas entrará em transe e começará a transmitir a mensagem daquele espírito. Algo que não lhe oferecerá grande risco. Lana também será capaz de dar ordens aos espíritos, mas apenas para que busquem informações ou sempre digam a verdade. Esse tipo de ordem só não funcionará com espíritos mais elevados. Sábios e Magos serão muito presentes e poderão proteger a menina. Nesse grau eles serão os grandes mentores da garota, que passará a descobrir os mais profundos e poderosos mistérios da magia. Não haverá mais problemas com paciência ou concentração, Elrien já saberá lidar muito bem com essas manifestações, podendo inclusive vetar a comunicação com demônios, desde que não sejam muito poderosos. Até as intenções destes seres mais poderosos ficarão claras para ela, desde que não se use uma magia muito forte para ocultá-las.

No caso da manifestação das sombras e entidades que paralisam e atacam o inimigo, Lana não sabe como é capaz de libertá-la, apenas sabe que é algo relacionado às sombras e que pode usar quando está em muito perigo, sofrendo com fortes emoções. Sem muito conhecimento sobre o assunto, D’yer ignora o perigo que pode provocar usando esse poder. Ele é quase uma abertura de portais, pois com sua capacidade de dominar a escuridão ela “puxa” os espíritos para a realidade, dá poderes ainda maiores para que eles façam o que quiserem com a vítima. Em um nível mais evoluído as criaturas se tornarão ainda mais poderosas, demônios também se manifestarão, assim como magos sanguinários. A menina precisará ter muito cuidado com essa habilidade, pois ela poderá se tornar bem destrutiva.

Contudo, Lana ainda não apresentou nenhuma modificação física. No caso da comunicação com as sombras, ela só poderá ser afetada caso um ser sombrio seja cruel e forte o suficiente para afetar o plano físico, tirando essa possibilidade não há nada de estranho na garota. O que mais sofre as consequências de seus poderes é sua mente. Ela pode ficar bem bagunçada caso muitos espíritos decidam se comunicar e a garota poderá perder a paciência.

Um caso específico e que merece ser destacado é seu poder “liberdade às sombras”. Nele não há nada que mude em sua aparência externa, mas no interior da garota tudo muda. Começa com seu sangue que passa quase a ‘ferver’ e ela sente como se correntes sombrias passassem pelo seu corpo. Dependendo da situação a personalidade de Elrien muda completamente. Com ela abrindo portais das sombras e dando liberdade aos piores seres que habitam a escuridão, a garota acaba sucumbindo à sua força perversa e durante esse tempo apenas quer ver o pior acontecer, apenas quer ver a vitima sofrer.

Lana desconhece a origem de seus poderes, mas na verdade ela é a reencarnação de uma poderosa feiticeira dominadora e conhecedora das artes das sombras, da escuridão e da magia primordial. Há muito tempo atrás enquanto era perseguida pelo seu grande poder, a feiticeira “morreu” de maneira precoce para fugir de seus inimigos. Esta feiticeira com todo seu conhecimento criou um portal para uma nova dimensão e por ele sua alma pôde se ver livre. O corpo permaneceu em coma por longos anos, definhando, mas a alma da mulher vagou pelos mais diversos mundos dominados pela escuridão e pelas forças mais poderosas. Por isso a menina possui uma ligação tão forte com essas criaturas, a abertura desse portal permanece ativa.  A antiga feiticeira chegou a um grau de evolução raramente experimentado por humanos comuns, por isso poderia se tornar uma das personalidades mais poderosas do mundo se tivesse uma nova oportunidade.

Nos tempos antigos a feiticeira mantinha um vinculo forte com Cain Hargreaves, algo que mantem-se até os dias de hoje. Lana mantém todos esses segredos adormecidos dentro de si, além disso, também possui uma forte ligação com ‘os primordiais das sombras’, os primeiros deuses a surgirem e a darem origem ao universo. Esses deuses também a abençoaram, dando ainda mais poder para sua magia que também permanece adormecida. No entanto, tudo tem seu preço e muito se espera da garota, que precisa se tornar influente o suficiente para cumprir uma missão que ela nem sabe que existe. Deuses e sua própria essência anterior estão prontos para influência-la.

Como uma nova vida, Lana também adquiriu uma nova personalidade e novos objetivos, apesar de sofrer influências de tudo o que a rodeia. Por isso Érebus tenta a todo custo libertar essa força e aumentar os poderes da garota em todos sentidos. A menina precisa aprender o mais cedo possível, é muito pouco tempo para muita coisa a se fazer, no entanto, tudo pode complicar quando sua identidade atual se tornar rebelde o suficiente para bater de frente com sua antiga personalidade. Os deuses e todo o segredo do universo não aceitarão isso muito bem.



Pontuação

01 Nível
02 Pontos Atributo
02 Quantidade de Poderes
01 Quantidade de Pericias


DEFEITOS


- Curiosidade (1 ponto): Extremamente curiosa, a garota sempre vive em busca de novos conhecimentos e quer saber sobre seu passado, sobre o segredo das sombras, sobre qualquer assunto mais misterioso. Isso poderá causar-lhe problemas.
- Fanatismo (1 ponto): Toda a admiração e dependência de Lana por Érebus beira ao fanatismo. Apesar de muitas vezes o homem mostrar uma personalidade duvidosa e cruel, ela tem plena convicção de que ele é o único que a amará e protegerá.
- Juventude (1 ponto): Sua pouca idade muitas vezes a impede de entrar em certos lugares e fazer certas coisas...
- Magnetismo Sobrenatural (1 ponto): Toda a bagagem trazida pela viagem da encarnação anterior de Lana lhe rendeu a abertura de poder se comunicar com os mais diversos mundos e criaturas. As criaturas das sombras a perseguem pelo seu dom e quando os deuses primordiais decidirem se manifestar tudo se tornará ainda mais complicado. Será cobrada a herança dada pelos primordiais maiores, justamente Érebus, Nyx, Caos e Calígena.
- Temeridade (1 ponto):  Quando trata-se de proteger aquele a quem ama Lana não se importa se colocará sua integridade física (ou até mesmo vida) em risco ou não. Outro ponto que pode fazer com que ela ignore o perigo é sua curiosidade.

ADAPTAÇÃO & ATRIBUTOS
Pontos de Adaptação: 00 (cada personagem ganha 1 ponto/ Nível) + Pontos de Defeito
GASTOS: 00 (Alterar realidade não da direito a pontos de adaptação) + 05 (Ponto de Defeito) = 05
ATRIBUTOS: Alterar Realidade ou Similar (4 pontos), Dois poderes Extras (1 ponto)

01 Potencia
01 Reflexo
02 Intelecto
02 Raciocino

PV'S: 103



Perícias
- Ocultismo






EQUIPAMENTOS
Nome: [-] Grimório (Livro das Sombras)
Link: (Foto Aqui) e (Aqui).
Moedas: 100.
Descrição: Foi presente, tendo uma aparência simples no início e sendo personalizado com o passar do tempo. Desde seus seis anos Lana escreve em seu grimório, o primeiro presente dado por Érebus à garota. No princípio ela escrevia pequenas anotações das energias que passavam e o que diziam. As primeiras páginas possuem muitas informações confusas, mas à partir dos dez anos da garota tudo mudou. Os seres das sombras que aparecem raramente e que ela considera mais elevados e poderosos começaram a lhe ditar algo como se fossem feitiços, magias extremamente poderosas e um aviso é bem claro: Não inicie este caminho enquanto não houver o clamor das trevas primordiais. Essa é a frase que mais provoca arrepios na menina.
Como todo grimório, este livro guarda variadas informações mágicas, tudo referente aos conhecimentos adquiridos por Lana, que não teve apenas o auxílio dos espíritos, mas também de seu protetor. A cada ano que passa ele parece conter mais informações preciosas e um fato intriga a menina : suas páginas parecem não ter fim.

Nome: [-] Colar de prata e onyx
Link: (Foto Aqui)
Moedas: -
Descrição: Um colar de aparência sofisticada e trabalho fenomenal que foi dado à Lana por Érebus em seu aniversario de 15 anos. É um item poderoso e místico, mas a menina ainda não descobriu qual sua real função.





Poderes
Grupo de Poderes: Domínio sobre a escuridão/sombras e Magia Primordial.

Poderes:

(Liberdade às Sombras)
Nome: [A] Liberdade às Sombras
Natureza: Raciocinio [T], Intelecto [D]
Grupo: Domínio sobre as sombras/escuridão.
Teste: -4, precisa alcançar o reflexo do alvo.
Dano: 1d10+2
Recarga: 1 vez a cada dois turnos.
Descrição: Com sua capacidade de dominar as sombras, a personagem está apta a imobilizar o alvo usando a própria sombra dele. Assim, com o portal das sombras abertos as criaturas mais cruéis têm a liberdade de se manifestarem, atormentando o alvo de diversas formas e ainda torturando-o com ferimentos cortantes por todo o corpo.

(Comunicação Sombria)
Nome: [P] Comunicação Sombria
Grupo: Domínio sobre a Escuridão/Sombras
Efeito: Uma vez por Missão ou RP, o narrador pode dar UMA informação importante sobre a Missão ou alvo, se for sobre um alvo precisa ter intelecto Igual ou inferior.
Descrição: Lana consegue se comunicar com criaturas das sombras, sendo estas em sua maioria não muito poderosas, raramente há manifestações de demônios ou sábios e magos antigos. O controle dela sobre estes seres é mínimo e a menina não possui muita concentração e nem paciência, assim como também não consegue dar ordens e nem sentir a intenção das entidades.

(Imponência  Primordial)
Nome: [P] Imponência Primordial
Grupo: Magia Primordial
Efeito: -1 para a afetarem, desde que tenham intelecto interior ao dela.
Descrição:Toda imponência concedida pelos primordiais a Lana faz com que qualquer um, amigo ou inimigo, a vejam com respeito e em certos casos, temor. Isso afeta diretamente no sucesso de ataques ou ações contra a personagem, diminuindo seus efeitos/danos. No dia-a-dia as pessoas apenas escolhem entre teme-la ou respeitá-la.

(Camuflagem Primordial)
Nome: [P] Camuflagem Primordial
Grupo: Magia Primordial
Efeito: -3 nos testes para a notar nessas situações.
Descrição: Como uma abençoada pelos primordiais da criação, Lana tem certa facilidade para se camuflar entre ambientes onde haja névoa, sombras/escuridão, muita anarquia e caos, além da noite. Nesse tipo de ambiente ela passa praticamente despercebida se não decidir mostrar-se. É como se ela se mesclasse ao local.


Update

▎LOCAL ONDE TODAS AS ATUALIZAÇÕES DO PERSONAGEM SERÃO REGISTRADAS. EXCLUSIVO PARA ADM'S E MODERADORES.








avatar
Zodíaco
Localização :
Em todos os lugares

Mensagens :
488

Dólares :
4035

Ver perfil do usuário http://rpgxmutantes.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum