Fontes

[RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Elizabeth Finnighan em Seg Fev 01, 2016 3:36 pm


Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Participantes: Elvira D. Forster, Elizabeth Finnighan
Local: Consultório Particular de Elizabeth
Imagem do Local: Aqui
Data: 12/01/2016 - 10:00 am
avatar
S.H.I.E.L.D.
Localização :
Nova York

Mensagens :
74

Dólares :
2976

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Elvira D. Forster em Seg Fev 01, 2016 4:19 pm

Por mais de vinte anos tentei esconder, dilacerar e prender todas essas memórias dentro de meu peito, transformando dor em ódio, e destilando cada gota de arrependimento em abnegação. De todas as coisas que eu não fiz, a que eu mais me arrependo, depois de ter me separado de minhas filhas, foi nunca antes ter procurado um psicólogo para cuidar de meus próprios demônios internos.
A profissional que me atenderia era Dra. Elizabeth Finnighan, muito bem recomendada por um velho conhecido da fila do mercado, e alguém que (pela decoração da sala de espera) tinha boa noção de decoração, tudo perfeitamente alinhado, branco e harmônico... Tão alinhado, branco e harmônico a ponto de causar desconforto em pessoas desacostumadas a certo grau de perfeccionismo. A brancura do ambiente era quebrada apenas pelo vermelho de meu vestido e pela estampa dos meus scarpins de bico fino, não que fosse algo ruim, mas era apenas destoante, eu mesma estava levemente incomodada por causa disso.
Olhei para meu pequeno relógio de pulso, observando que faltavam poucos minutos para meu horário marcado, e imaginando se uma hora apenas seria o suficiente para desabafar parte dos meus tormentos mais profundos com uma completa desconhecida, e imaginando se ela mesma conseguiria lidar com uma cabeça tão velha, cheia de lapsos, defeitos e arrependimentos quanto a minha...

Roupas



Última edição por Elvira D. Forster em Seg Fev 01, 2016 8:34 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Localização :
Minha casinha

Mensagens :
8

Dólares :
2848

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Elizabeth Finnighan em Seg Fev 01, 2016 5:25 pm

"Tem coragem de encarar teu próprio abismo?"
WELCOME TO ABYSS.



Elizabeth se espreguiça na poltrona, estralando as juntas. Quarta-feira era um dia característico para ela, onde imperava uma sensação de "à deriva"... Ao ver que não podia considerar começo da semana, porque segunda e terça já haviam passado, mas também não poderia começar uma contagem regressiva para o final de semana, o que era de certa forma cansativo e desanimador.
Seu último paciente era um rapaz, que havia desperto uma mutação, um poder característico de ler mentes mas não conseguia controlar essa "habilidade". A sua principal dificuldade não se resumia apenas em não controlar, mas também afetava suas relações... O que era curioso, e fazia a psicóloga pensar na necessidade da mentira, principalmente num momento histórico e social, onde a maioria das pessoas enchiam a boca para dizer que não toleravam mentiras, ou falsidades.

"Até que ponto, essas mesmas pessoas que se afirmam os 'gurus da veracidade' estariam prontas pra saber que absolutamente ninguém, ninguém que diz 'bom dia', quer realmente que ela tenha um bom dia, ou quem pergunta 'como ela está' quer realmente ouvir uma resposta, seja ela positiva ou negativa?"

Elizabeth pensava, sentada olhando para as poltronas. Mas o fato é que, se as pessoas começassem simplesmente se importar e ouvir os problemas uns dos outros, ela provavelmente ficaria desempregada... O que a fazia pensar no jovem garoto como um rapaz desesperado, cansado de ouvir a verdade, ele não procurava um psicólogo que o ajudasse a lidar com isso, mas a escolha pela Elizabeth ia além. Ele não conseguia ler sua mente, e por esse motivo, a havia escolhido como a profissional que o acompanharia, mas não porque ela poderia "ajudá-lo", e sim porque ela é o mais próximo de uma relação "normal" que ele chegaria. Ela certamente abordaria tal tema em um artigo, mas por enquanto, ela precisava atender sua nova paciente...

- Sra. Forster, bom dia. Vamos lá?

Ela fala, após abrir a porta e verificar que sua paciente já estava ali.

Roupa: Aqui
XXXX words for GD&TOP
XIII
avatar
S.H.I.E.L.D.
Localização :
Nova York

Mensagens :
74

Dólares :
2976

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Elvira D. Forster em Seg Fev 01, 2016 9:18 pm

Não tive que esperar muito depois que olhei o relógio pela primeira vez, logo mais a porta se abriu e um jovem saiu de lá, passando por mim com um olhar intrigado. Se ainda me lembrasse do rosto dele mais tarde, poderia investigá-lo com ajuda dos U-man, todavia, meu propósito aqui não era caçar um mutante problemático e jovem. Não, agora era a minha maldita vez de ser ouvida. Levantei-me da cadeira e entrei na sala onde seria atendida pela Dra. Finnighan, presumindo que ela tenha me desejado um bom dia ou algo do gênero... Esses ouvidos velhos, castigados pelos estampidos dos gatilhos já não funcionavam bem como antigamente, e deveria ser bom alertar-lhe desse pequeno detalhe:
Bom dia, Doutora. A senhora deve presumir que eu tenho uma idade bem avançada, e como os de muitos outros, meus ouvidos já não funcionam tão bem. Espero que não se importe se eu precisar de alguns segundos para entender suas palavras. — Sentei-me na poltrona ao lado da janela  e coloquei minha bolsa sobre meu colo, esperando que ela se acomodasse na poltrona em frente à minha para que finalmente pudéssemos começar propriamente a sessão.
Ouvi muitas recomendações a seu respeito, e meu maior motivo para procurar-lhe é a solidão. Ultimamente venho tendo a constante sensação de que os erros que cometi no passado estão pesando mais, e preciso de uma guia. Alguém que possa me ajudar a seguir em frente. — Respirei fundo, focando nos olhos da jovem mulher em frente a mim, e consequentemente me comprometendo com minha terapia. Dessa vez não seria fraca.
Roupas
avatar
Localização :
Minha casinha

Mensagens :
8

Dólares :
2848

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Elizabeth Finnighan em Seg Fev 01, 2016 10:13 pm

"Tem coragem de encarar teu próprio abismo?"
WELCOME TO ABYSS.



Elizabeth faz um sinal sutil de positivo com a cabeça, mantendo uma expressão calma e serena enquanto ouvia as palavras da mulher. Na verdade, a psicóloga tinha poucos pacientes que possuíam uma idade mais avançada e, na maioria deles, eram homens... A diferença era que as mulheres, muitas vezes tinham mais facilidade para se comprometer com um trabalho terapêutico:

- Sra. Forster, esse não será um problema.

Elizabeth fala sorrindo, aumentando um pouco mais o tom de voz, sendo amável e gentil. Ela ficara um pouco perdida, não sabendo se a acompanhava até que ela se acomodasse na poltrona, mas prefere dar mais liberdade à senhora. A psicóloga fecha a porta, trancando a chave, mas mantendo-a na porta... Ela se acomoda na poltrona à frente de Elvira, ouvindo as palavras da mulher:

- Certo. Muitas pessoas às vezes têm dificuldades em determinar o que caracteriza um problema em sua vida pessoal, e a grande maioria delas procuram profissionais por intermédio de pessoas próximas, e por consequência, tem que ser feito um trabalho para que elas delineiem o problema em si. Então nós começamos com um passo muito importante já dado, você tem um objetivo, esse é metade do problema abordado.

Elizabeth fala com confiança, cruzando a perna direita sobre a esquerda:

- E antes de começarmos, preciso deixar algumas coisas bem claras. Tudo o que for dito aqui, é totalmente confidencial, e só será repetido apenas se a senhora o fizer. No caso de nos encontrarmos fora do consultório, eu não posso te abordar, somente se a senhora assim o fizer primeiro, e ainda assim, é você quem determina se eu sou uma amiga, psicóloga, ou colega ou conhecida. Resumindo, esse espaço ele é para você. Certo?

Elizabeth fala de forma simpática, estabelecendo o protocolo padrão da sua profissão, ao aceitar um novo paciente.

XXXX words for GD&TOP
XIII
avatar
S.H.I.E.L.D.
Localização :
Nova York

Mensagens :
74

Dólares :
2976

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Elvira D. Forster em Ter Fev 02, 2016 12:44 am

Algo na postura e nas palavras da mulher que analisava inspirava um forte autocontrole e definitiva propriedade sobre aquilo que dizia e ouvia, o que me deixou intrigada. Era ótimo estar nas mãos de alguém tão habilidosa, porém se não dissimulasse minha história com o dobro (quiçá o triplo) de cuidado, poderia acabar revelando fatos delicados e comprometedores sobre os Purificadores.
Fico extremamente confortável de saber disso, Doutora. — Assenti com um sorriso sincero e prossegui, falando a primeira das frustrações que me marcaram.
Embora não aparente, eu sou veterana no exército, me alistei no início dos anos 60, quando tinha meus 20 anos. Eu sempre soube que não poderia viver em paz semq eu fizesse minha parte pelo meu país, porém meus pais nunca compartilharam dessa devoção.  Não, queriam que eu noivasse com um político, que eu fosse uma boa mãe, submissa e dondoca, e que passasse as tardes conversando com outras mulheres iguais a mim sobre futilidades e vida alheia. Eu não poderia conviver com isso, então ameacei fugi, e assim eles me deserdaram e nunca mais mantiveram contato, sequer me recebiam em eventos da família. Fui barrada no velório de minha mãe por causa do orgulho deles dois. — Já não conseguia olhar fixamente para ela, segurando um resquício de emotividade que pudesse me levar a desabar em lágrimas. —O primeiro arrependimento dessa lista é nunca ter dito a eles o quanto os amava, mesmo que minhas escolhas pessoais tenham sido a decepção das suas vidas. — Na tensão pessoal do momento, abri minha bolsa, procurando pelo maço de cigarros que havia largado dentro dela, mas me dei conta de que não poderia acendê-lo dentro do consultório, então apenas larguei a caixinha lá dentro e fechei-a, tornando a acomoda-la em meu colo.
Desculpe-me Doutora...  Eu tenho esse mau hábito de fumar desde que era moça. Tragar um ou dois Charms aromatizados costumava ajudar bastante a desviar o foco das tensões do ofício.

avatar
Localização :
Minha casinha

Mensagens :
8

Dólares :
2848

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Elizabeth Finnighan em Ter Fev 02, 2016 6:16 pm

"Tem coragem de encarar teu próprio abismo?"
WELCOME TO ABYSS.



- Apenas Elizabeth, por favor.

Elizabeth fala para a sra. Forster, quando ela a chama de doutora, para quebrar um pouco a formalidade. Ouve a mulher com atenção. Certamente uma história incomum... Ingressar no exército, uma profissão histórica e socialmente construída como uma função essencial e biologicamente masculina, principalmente em uma época onde questões feministas ainda eram um tanto quanto marginalizadas. Não que não o fossem ainda hoje, mas numa época como os anos 60, parecia algo realmente impressionante ela ter conseguido encarar a oposição dentro do próprio seio familiar.
A psicóloga se adianta em colocar a caixa de lenços de papel na poltrona ao lado de onde a sra. Forster havia se sentado, no momento em que ela começa a relatar a primeira decepção, e o arrependimento de não ter dito aos pais que os amavam, apesar da atitude deles em relação a ela:

- Compreendo, sra. Forster, mas realmente não é permitido fumar dentro do prédio. Acho que acaba não sendo nem uma restrição minha...

Elizabeth fala, olhando para os pequenos detectores de fumaça do sistema anti-incêndio, que já estavam ali antes mesmo que ela alugasse a sala para montar o consultório:

- E sim, é natural que nos sintamos um pouco ingratos quando não conseguimos retribuir o sentimento de cuidado das pessoas, principalmente quando elas são parentes muito próximos, ou estiveram conosco durante as fases iniciais de nossa vida. Mas antes de decidir seguir a carreira militar, como era a sua relação com seus pais?

A psicóloga pergunta, com um tom sutil misto de curiosidade, e seriedade profissional.

XXXX words for GD&TOP
XIII
avatar
S.H.I.E.L.D.
Localização :
Nova York

Mensagens :
74

Dólares :
2976

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Elvira D. Forster em Ter Fev 02, 2016 11:48 pm

E com uma pergunta certeira, Elizabeth me levou de volta ao passado. Lembrei do cheiro forte do perfume de minha mãe, dos poás e pregas de seus vestidos e saias, dos jornais que meu pai lia todos os dias antes do café e de seu bigode perfeitamente alinhado.
Nós éramos o mais próximo de uma família de classe alta naquele pequeno trecho suburbano onde morávamos, e por isso ambos achavam que havia alguma importância real em se portar de acordo.
Bem, na minha época era mais comum o ensino doméstico. Minha mãe e eu sempre tivemos laços bem estreitos, mas ela sempre quis que eu fosse sua cópia fiel durante o tempo que ela mesma me passava as lições básicas de educação... Uma dama bem comportada, vestindo-se de acordo com a última moda parisiense, com um marido viril e bem afortunado. Já meu pai, ele não parecia se orgulhar muito de ter uma filha única. Não, ele sempre deixou claro que gostaria de ter um filho homem, alguém capaz de tocar os negócios da família. Ele gostava de acreditar que a terra arderia em chamas antes que uma mulher pudesse comandar uma empresa... Era um sobrevivente de 29, arrogante e presunçoso, mas não negou quando eu lhe pedi para estudar em um internato feminino próximo à cidade. — Voltei a mim, deixando que as memórias do passado voltassem para seu devido lugar nos confins de minha memória, e consequentemente baixando o olhar em ato de reflexão. Teria eu tomado a atitude correta em abandonar os planos que os mesmos fizeram para mim? Poderia ser tudo diferente se eu tivesse sido menos obstinada em seguir meus próprios anseios? Eu poderia ter sido mais feliz, menos solitária e ainda teria uma família estável? Minha mente recusava calar-se, e a reflexão ficava aberta, esperando uma mínima chance de mudança futura...


avatar
Localização :
Minha casinha

Mensagens :
8

Dólares :
2848

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Elizabeth Finnighan em Qua Fev 03, 2016 8:16 pm

"Tem coragem de encarar teu próprio abismo?"
WELCOME TO ABYSS.



Elizabeth cruza a perna esquerda sobre a direita, cruzando as mãos sobre os joelhos numa posição que demonstrava atenção e cautela, combinadas a uma expressão atenta. A proximidade com a mãe, no caso de Elvira parecia um tipo de "movimento natural", na medida em que ficava evidente para ela a preferência do pai por uma criança do gênero masculino, e a repulsa historicamente construída pela visão de uma mulher num cargo de autoridade e comando. Compreensível era a situação de desconforto, pelo menos, para Elizabeth, que observava "de fora" a situação... Não era um julgamento, não era essa a função de Elizabeth, mas ainda assim, era difícil evitar a classificação das ações da mãe e do pai de Elvira em conceitos pré-definidos sobre o "certo" e o "errado":

- Bom, pelo que pude perceber, seria um pouco natural imaginar que dentro do ambiente familiar, você provavelmente teria desenvolvido uma afeição, uma aproximação maior, com a sua mãe. Claro, isso independente do tipo de vida que ela queria que você seguisse... Até mesmo porque era o único estilo de vida que ela conhecia, ela provavelmente viu a mãe dela assim, a avó dela, e esperava que você também seguisse esse modelo "socialmente seguro" de vida.

Elizabeth explica, analisando as palavras de Elvira, em seguida perguntando de forma neutra, porém com uma curiosidade sutil:

- Mas provavelmente, vocês faziam coisas juntas. Algumas coisas que dariam prazer, e que demonstrasse o amor que havia entre vocês... O que você costumava fazer junto com ela?

XXXX words for GD&TOP
XIII
avatar
S.H.I.E.L.D.
Localização :
Nova York

Mensagens :
74

Dólares :
2976

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Elvira D. Forster em Qui Fev 04, 2016 1:12 am

Aquela observação trazia um pouco mais de clareza a meu âmago. Poderia sim ter sido diferente, eu poderia estar feliz, poderia até ter netos e ter companhia para chá toda tarde, quem sabe até teria parado de fumar por conta dos incontáveis avisos que meus filhos me dariam. Por outro lado, por mais que eu pudesse ter feito tudo diferente, não foi esse o caminho que escolhi... Embora fosse duro admitir, a aceitação tornou meu fardo alguns gramas mais leve.
A voz sutil da psicóloga me perguntava mais uma vez sobre os pequenos detalhes que às vezes negligenciamos brutalmente em nossos momentos mesquinhos, e mais uma vez me obriguei a regredir à cozinha da casa de meus pais, quando tinha oito anos de idade.
De fato, doutora... Ah, mil perdões... Elizabeth. Minha mãe era uma senhora distinta, mas nutria uma paixão ardente pela culinária. As lembranças mais felizes que tenho com ela são de chegar da igreja nas manhãs de domingo e preparar o almoço... Meu prato favorito era a torta de abóboras com creme, qual ela preparava com perfeição nos feriados de ação de graças. Ela nunca me ensinou a preparar, era uma das poucas receitas que não tinham saído das páginas de um livro, e ela se orgulhava muito disso, de ter criado uma receita original e que todos adoravam. — Não consegui segurar um sorriso nostálgico, apesar do desfecho amargo de minha própria história. Estendi os braços, retirando com cuidado um lenço da caixa que Dra. Finnighan havia colocado na poltrona ao meu lado, já me precavendo contra futuras lágrimas de angústias passadas que poderiam borrar meu rímel e sujar-me a face.


avatar
Localização :
Minha casinha

Mensagens :
8

Dólares :
2848

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Elizabeth Finnighan em Qui Fev 04, 2016 11:13 pm

"Tem coragem de encarar teu próprio abismo?"
WELCOME TO ABYSS.



Elizabeth ouve atentamente às palavras de Elvira. Fazê-la reviver as memórias com sua mãe atendia aos propósitos da conversa terapêutica, tal como a psicóloga havia escolhido como a forma para prosseguir, pelo menos naquele primeiro momento. Ela se atenta à riqueza de detalhes com a qual a mulher descrevia as cenas, não era algo que poderia de fato chamar a atenção, mas para com uma cera idade, era esperado algumas falhas de lembranças... Particularmente, Elizabeth pensava que se chegasse na idade de sua paciente com uma memória daquela forma, poderia aposentar sua agenda e ficaria feliz:

- Pelo que pude perceber, seria um tipo de ritual. Cozinhar com a sua mãe, a torta de abóboras, esse símbolo que pode ter marcado o centro da sua infância, as lembranças mais importantes... Realmente, deve ter sido uma pena ela não ter passado a receita a frente. Acredito que seria uma obra-prima gastronômica.

Elizabeth comenta, falando sobre a torta de abóbora cujo segredo culinário havia se perdido, sentido um leve roncar no estômago ao imaginar o prato, e pensar na proximidade do horário do almoço, uma das melhores horas do seu dia... Ela se ajeita na poltrona, e prossegue:

- E com seu pai? Como era a relação de vocês?

Elizabeth pergunta, recuperando seu tom de curiosidade sutil e atenção profissional.

XXXX words for GD&TOP
XIII
avatar
S.H.I.E.L.D.
Localização :
Nova York

Mensagens :
74

Dólares :
2976

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Elvira D. Forster em Dom Fev 14, 2016 10:50 pm

Era muito bom poder conviver com minha mãe, e poder assumir que minha busca por autonomia não foi um completo erro, e sim a quebra dos limites impostos a ela — e a tantas outras — por sua própria concepção de mundo.  Anna Mae e Elizabeth, minhas superioras na época, devem ter passado por situações semelhantes com as respectivas famílias, mas, se não tivéssemos sido subversivas a ponto de lutar pela mudança. Era algo que meu pai abertamente não concordava, mas não podia fazer nada contra.
Bem, ele era um sujeito difícil e como foi dito antes, a empresa dele foi uma das poucas que sobreviveu à depressão, e bem... Seu desprezo por minha condição de filha única era notável. Nunca soube realmente como fazê-lo ter uma boa perspectiva das minhas capacidades... — Meu telefone começa a tocar, com uma música diferente da habitual, interrompendo-me a linha de raciocínio e quase que instantaneamente me fazendo sacá-lo da bolsa e observar a chamada perdida com o número fixo do Hospital. Levantei-me subitamente, como se o tempo estivesse contra mim, dirigindo algumas últimas palavras para a Psicóloga, dando-lhe ao menos alguma satisfação pela minha saída antecipada.
Desculpe-me, Doutora, mas terei que sair mais cedo. Recebi uma ligação do hospital, e pode ser alguma notícia relacionada a meu filho em coma. Muito obrigada pela consulta, com toda certeza voltarei próxima semana para continuarmos. — Apertei a mão da psicóloga, retirando-me apressadamente da sala, e tomei  o elevador para o piso térreo enquanto discava um o número da linha direta com uma das médicas responsáveis pelos U-man da instituição.
Dra. Forskett, convoque os novatos com as partes dos mutantes curandeiros, preciso deles agora no Lenox da 7ª avenida, quarto 514, segundo piso. Sem perguntas, sem enrolação, e se um deles se recusar a cooperar de imediato, que se prepare para ter o transplante removido sem anestesia no meio do Hospital. — Massageei minhas têmporas, desligando e jogando o aparelho de qualquer dentro da bolsa, e apanhando as chaves do carro, fazendo uma leve preparação física e psicológica para poder derrubar qualquer um que ousasse ficar no meu caminho e ultrapassar qualquer maldita lesma motorizada que me atrapalhasse na rota do hospital.
Se não sabem que não se deve ficar entre uma mãe e seu filhote, escolheram um péssimo dia para descobrir!
avatar
Localização :
Minha casinha

Mensagens :
8

Dólares :
2848

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Elvira D. Forster - Primeira Consulta

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum