Fontes

[FP] Arthur Ur-Nungal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Arthur Ur-Nungal

Mensagem por Arthur Ur-Nungal em Sab Fev 13, 2016 11:48 pm



FICHA DO PERSONAGEM


- x -
INFORMAÇÕES
- x -

O JOGADOR

Nome do Jogador: Rafa
Idade: 25
Já jogou rpg de mesa? Se sim, quanto tempo?: Sei lá, jogo há uns 10 anos, eu acho.
Qual gênero de jogo você prefere?: Medieval

O ATOR

Nome do Ator: Garrett Hedlund
Foto do Ator: Aqui!

O PERSONAGEM

Grupo que pertence: Clube do Inferno

1. Qual é o nome dele? Arthur Ur-Nungal. Ou Rei Arthur.
2. Quantos anos ele tem? 27 anos (aparentemente)
3. Quando e onde ele nasceu e cresceu? Embora pouco, ou nunca, fale de suas origens, Arthur nasceu há muito tempo, em uma cidade hoje chamada de Kiruna, na Suécia, famosa por seu hotel de gelo – obra de seu talentoso ancestral, um mutante com habilidades de gelo. Sua família é muito famosa na região, o que contribuiu para a personalidade de Arthur.
4. Qual a sua relação com os seus pais? Conte sobre eles. Na verdade eles morreram há muito, muito tempo, de causas naturais. Seu relacionamento com eles sempre foi muito educado, mas distante e livre de afetos, especialmente depois que Arthur deixou a família por espontânea vontade. Quando estavam vivos, criaram o garoto para o que ele realmente era: um Rei. Orgulhosos pelo sangue puro de mutantes correndo há muitas gerações por suas veias, educaram o filho o melhor que puderam (o que não era pouco, devido ao poder aquisitivo) para que ele fosse um gentleman, um verdadeiro Rei, um Deus, e que não misturasse seu sangue com os fracos humanos. E assim foi, Arthur sempre fora um menino exemplar, embora seu orgulho suba à sua cabeça e seu egocentrismo seja um tanto demasiado desde criança.
5. Como foi sua infância e seus amigos? Nos conte um pouco sobre eles O que dizer sobre o filho da família mais poderosa de Kiruna, seja em habilidades sobre-humanas ou dinheiro? Embora tivesse tudo para se tornar um reizinho mimado, Arthur foi muito além disso, buscando a imortalidade através do controle de seus poderes Fotocinéticos. Amigos ele não podia dizer que tinha muitos, apenas os melhores contatos do reino, e os de mais posse também. Arthur parecia ter um envelhecimento muito lento, e quando finalmente foi coroado, tinha aparentemente apenas 15 anos, embora estivesse beirando aos 30. Infelizmente, quando ele resolveu conhecer o mundo, acabou perdendo a noção do tempo que passava enquanto conquistava ainda mais poder, e aos poucos o tempo medieval se esvaiu, dando lugar à democracia, e assim foi em Kiruna. Mesmo assim, até os tempos atuais ele ainda mantem grande influência sobre a região da cidade.
9. Ele é casado ou foi? Como foi? Já foi, algumas vezes, tantas quanto achou necessária para conseguir mais poder e dinheiro. Em uma delas realmente chegou a se envolver emocionalmente, mas a mulher morreu há muito tempo.
10. Ele recebeu educação formal? Como foi? Não como se conhece hoje, ele foi treinado por mestres, ainda na era medieval.
11. O que ele faz para viver? Porque ele faz? Ele existe. Já foi rei, de onde ainda tira boa parte de suas posses e influência, e atualmente é Rei do Clube do Inferno. Faz porque sim, não precisa ter uma grande explicação para se fazer o que se quer.
12. Conte para nós como ele é fisicamente, o que chama mais a atenção em sua aparência. Loiro, com os cabelos curtos e barba por fazer, Arthur tem 1,85m de altura e um corpo musculoso, dono de olhos verdes acinzentados, que é difícil dizer o que mais chama a sua atenção. Geralmente é visto com roupas sociais e bem arrumadas, dignas de um homem poderoso como ele.

Objetivos / Motivação
1. Ele tem algum objetivo na vida? Poder, e mais poder. É o que lhe move, e ele é levado e atraído por onde encontra um poder maior que o seu, sempre interessado em manter pessoas igualmente poderosas ao seu lado.
2. O que ele vai fazer quando conseguir cumprir seu objetivo? E se ele falhar? Ah bem, um Rei nunca deve falhar, então quando ele conseguir o tanto de poder de deseja... Ele irá atrás de mais.
3. Como ele vê o mundo? Ele mudaria algo? Se sim, o que ele mudaria? Sim, faria com que todos fossem seus súditos e que obedecessem as suas ordens, pois um Rei/Deus como ele deve ser respeitado apenas por ser quem é.
4. Como ele vê a si mesmo? Ele mudaria algo em si? Mudar algo? E como mudar a perfeição? Arthur se vê como um ser perfeito, que tem potencial para alcançar passos muito mais longes, e superar-se a cada dia. Gosta de atrair as atenções sobre si, e sente-se satisfeito quando é bajulado e tem suas ordens acatadas. Pelo contrário, se torna muito perigoso. E, acreditem, isso não é pouca coisa.
5. Ninguém é perfeito... O que ele mais teme? Como assim ninguém é perfeito? O que você quer dizer com isso? Temer as memórias de sua última e falecida ex esposa não é defeito nenhum!

Personalidade
1. Por menos que o personagem se importe, é inevitável atrair atenção dos outros... O que as pessoas costumam pensar do seu personagem? Como o personagem descreveria a si mesmo, diante de uma dessas pessoas? Que ele é bastante orgulhoso e prepotente não é preciso ser um gênio para perceber. Apesar disso, ele costuma atrair bastante a atenção sobre si, pois é muito educado, ou ao menos assim parece quando usa palavras difíceis e bem colocadas, em um tom calmo e paciente. É um líder nato, uma pessoa que realmente nasceu para ser adorada.
2. Como ele se relaciona com o mundo? E com as pessoas? A maioria das pessoas costuma relevar sua megalomania, seja por interesse em seu poder aquisitivo, em seu status, ou apenas por simpatizarem com ele. De fato, ele não será mal educado com o sujeito, se ele não irritá-lo por algum motivo qualquer. Sendo assim, é fácil manter uma relação positiva com ele: basta não ficar em seu caminho.
3. Sempre há um determinado tipo de pessoa ou grupo que atrai uma antipatia gratuita de nossa parte, com o personagem, pode não ser diferente... Ele tem atitudes diferenciadas para certos grupos de pessoas? Esse tipo de pessoa tem nome e sobrenome: Sirioth Bloodworth.

Gostos e preferências
1. Como ele passa suas horas de lazer? Geralmente ao sol, em seu jardim particular, ou ouvindo música clássica acompanhada de um bom vinho. Ou tendo relações sexuais com alguém.
2. Que acessórios e coisas ele gosta de vestir? Não tenha vergonha, nos conte em detalhes Como dito anteriormente, Arthur gosta de estar sempre elegante, escolhendo os melhores e mais caros trajes sociais para se vestir, e raramente é visto com roupas casuais. É mais fácil vê-lo nu.
3. O que ele gosta mais no trabalho / ocupação? O reconhecimento, a bajulação, o status, o poder, o dinheiro, as mulheres, a boa bebida, a boa companhia... Bem, o que ele NÃO gosta do Clube do Inferno? Apenas algumas pedras no caminho, nada demais.
4. O que ele gosta de comer? Nos fale um pouco sobre o gosto culinário de seu personagem... Arthur, como tantas outras coisas, tem um gosto refinado para comida, preferindo comidas leves, como sushi, tofu, caviar e outras coisas semelhantes, embora não negue uma boa e sangrenta carne [s]humana[/s] de vez em [s]sempre[/s] quando.
6. Ele tem algum animal de estimação? São ótimas companhias, acho que lhe faria bem algum... Sim, uma gata cinza chamada Kirara, que atualmente parece ser seu único alvo de algum afeto.
7. Que tipo de companhia ele prefere? Nos conte também um pouco sobre as intimidades de seu personagem... Pessoas inteligentes, educadas, bem apessoadas, influentes, bonitas, poderosas, perfumadas e que sejam dignas de estar ao seu lado, seja em sociedade ou entre quatro paredes. Em especial a esse último item, pode-se dizer que seu gosto varia um pouco mais, e que ele gosta de novas experiências.

Ambiente
1. Onde ele mora e como é esse lugar? Atualmente ela em uma grande casa, retirada do centro conturbado de New York. Vive sozinho, exceto por alguns empregados que o servem. Mudou-se recentemente, tão logo veio para os Estados Unidos para ingressas no Clube do Inferno.
2. Como é o clima/atmosfera? Agradável, embora ele preferisse que fosse mais fria.
3. Por que ele mora lá? Quais são os problemas comuns lá? Se há algum problema, seus seguranças resolvem. Se acaso for preciso, ele intervém. No mais, costuma ser um local bastante pacífico e tranquilo.
4. Como é sua rotina diária? Arthur gosta de decidir a cada dia o que irá fazer, não sendo necessária uma rotina.

Grupo
1. Porque decidiu entrar para o Grupo? O status e o poder, é claro, afinal, Arthur é movido por isto.
2. Como conseguiu entrar para o Grupo? Foi convidado por Illya Lamperouge, conhecida sua há muitos séculos.
3. Quais qualidades e motivos fizeram o Grupo lhe aceitar? Pelo que soube, eles precisavam de uma liderança forte para ser o Rei Branco, que fosse diplomática ao mesmo tempo que tivesse pulso firme para alcançar os objetivos do grupo. Arthur tem estas qualidades, e muitas outras, e as antigas lideranças reconheceram isto através da reputação.

Poderes
1. Que tipo de poderes você possui? Você gosta de ter eles? Fotocinese. Existe algo mais apropriado para um Rei do que a manipulação do Astro-Rei? É claro que ele ama isso.
2. Tem domínio sobre os seus poderes? Conhece algo que atrapalha os seus poderes? Sobre os atuais poderes tem bastante domínio, mas está se experimentando em alguns novos, que pode não ter o mesmo sucesso, embora não admita em voz alta.
3. Os seus poderes afetaram o seu corpo ou sua mente de alguma forma? De que forma? Arthur fica parecendo mais ‘iluminado’ quando está com a carga de luz cheia, e mais pálido quando ela se esvai. E quando ativa o Lumus Solem, as partes escolhidas de seu corpo brilham intensamente.
4. Qual é a origem dos seus poderes? Até onde saiba, genes mutantes.

- x -
PONTUAÇÃO
- x -

PONTUAÇÃO

03 Nível
04 Pontos Atributo
04 Quantidade de Poderes
01 Quantidade de Pericias

DEFEITOS
-Cobiça (1 ponto) – Existe coisa melhor que dinheiro? Ah, bem, sim, o que nos leva a:
-Luxúria (1 ponto) – Arthur aprecia as coisas boas da vida, e a luxúria dele não está direcionada apenas para o lado do prazer carnal, mas a outros também.
-Megalomaníaco (1 ponto) – Arthur é um Rei, um Deus. Ou ao menos assim ele pensa. E ouse discordar.
-Excesso de confiança (1 ponto) – A megalomania muito influencia nisso. Ele é um Deus, logo não precisa ter medo de coisas mundanas.
-Teimosia (1 ponto) – O que? Você ousa discutir com um Deus?

ADAPTAÇÃO

Pontos de Adaptação: 05 + 5 (defeitos) = 10
Gastos: 10 (5 em Atributos, 1 em Perícias extras e 3 em Poderes)

ATRIBUTOS
04 Potencia
04 Reflexo
07 Intelecto
08 Raciocínio

Pontos de Vida "HP": 107

PERICIAS
-Espada de luz
-Estratégia
-Diplomacia
-Trato Social
-Língua (Svenska) – nativa
-Língua (Inglês)
-Liderança

EQUIPAMENTOS
Nome: [P] Uniforme Especial III
Natureza: -
Tipo: Defesa
Moedas: Gratuito para o líder do grupo ou 150 moedas.
Bônus de Acerto: -
Defesa: 3 vs o primeiro dano que fosse sofrer no turno.
Recarga: -
Descrição: Roupa resistente que alguns heróis usam que não atrapalha a utilização de poderes do usuário e o protege de ataques fracos. Exemplo delas é a do X-Men, Quarteto Fantástico  e etc.


PODERES

Grupo de Poderes: Fotocinese

Poderes:

Nome: [A] Portões da Babilônia I
Natureza: Raciocinio [T] / Intelecto [D], se usar a mente para controlar.
Natureza: Reflexo [T] / Intelecto [D], se usar as mãos para controlar.
Grupo: Fotocinese
Teste: +3
Dano: 1d10+3, no total
Quantidade: Duas espadas por ponto de intelecto.
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada 3 turnos.
Descrição: Canalizando a luz, Arthur pode criar espadas de luz simultâneas, que podem ser manuseadas por ele, ou se preferir, apenas fazer com que sejam lançadas sobre o adversário. Apesar de seu formato, elas não cortam nem perfuram o que atingir: elas queimam.

Nome: [A] Portões da Babilônia II
Natureza: Raciocinio [T] / Intelecto [D], se usar a mente para controlar.
Natureza: Reflexo [T] / Intelecto [D], se usar as mãos para controlar.
Grupo: Fotocinese
Teste: +5
Dano: 1d10+5, no total
Quantidade: Duas espadas por ponto de intelecto.
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada 3 turnos.
Descrição: Canalizando a luz, Arthur pode criar espadas de luz simultâneas, que podem ser manuseadas por ele, ou se preferir, apenas fazer com que sejam lançadas sobre o adversário. Apesar de seu formato, elas não cortam nem perfuram o que atingir: elas queimam.


Nome: [A] Portões da Babilônia III
Natureza: Raciocinio [T] / Intelecto [D], se usar a mente para controlar.
Natureza: Reflexo [T] / Intelecto [D], se usar as mãos para controlar.
Grupo: Fotocinese
Teste: +6
Dano: 1d10+8, no total
Quantidade: Duas espadas por ponto de intelecto.
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada 3 turnos.
Descrição: Canalizando a luz, Arthur pode criar espadas de luz simultâneas, que podem ser manuseadas por ele, ou se preferir, apenas fazer com que sejam lançadas sobre o adversário. Apesar de seu formato, elas não cortam nem perfuram o que atingir: elas queimam.

Não comprou grupo cura ou alterar realidade para ficar comprando esse tipo de poder
Nome: [A] Cura Fotocinética
Natureza: Raciocinio [T]
Grupo: Fotocinese
Teste: +2
HP: 1d4
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada dois turnos.
Descrição: Absorvendo a luz do local ou que esteja carregada em seu corpo, Arthur pode curar seus próprios ferimentos, até mesmo os mais graves. Quando a luz é solar, a cura se potencializa. E com isso ele tem conseguido manter seu corpo tão jovem, mesmo depois de muitos anos vividos.


Nome: [A] Sköld - Escudo Solar I
Natureza: Raciocinio [T] / Intelecto [D], se usar a mente para controlar.
Natureza: Reflexo [T] / Intelecto [D], se usar as mãos para controlar.
Grupo: Fotocinese
Teste: +2
Defesa: 1d10+2
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada 2 turnos.
Descrição: Canalizando a luz ao seu redor (ou utilizando a recarga), Arthur é capaz de criar um escudo de luz, de tal forma que este o proteja, ou um alvo em específico.

Nome: [A] Sköld - Escudo Solar II "Substitui versão anterior"
Natureza: Raciocinio [T] / Intelecto [D], se usar a mente para controlar.
Natureza: Reflexo [T] / Intelecto [D], se usar as mãos para controlar.
Grupo: Fotocinese
Teste: +4
Defesa: 1d10+4
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada 2 turnos.
Descrição: Canalizando a luz ao seu redor (ou utilizando a recarga), Arthur é capaz de criar um escudo de luz de tal forma que este proteja a ele e a um aliado que estiver próximo, ou um alvo em específico.

Nome: [A] Lumus Solem
Natureza: Raciocínio [T]
Grupo: Fotocinese
Teste: -3, precisa alcançar a potência do alvo.
Redutor: -2 em reflexo
Duração: 1 turno
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada três turnos.
Descrição: Arthur projeta luz de seu próprio corpo (seja na palma das mãos ou no corpo inteiro), iluminando o ambiente ao seu redor, podendo cegar temporariamente seus adversários, ou para quem ele direcionar a luz diretamente.

Nome: [A] Raio de Sol
Natureza: Raciocínio [T]
Grupo: Fotocinese
Teste: +2
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada 4 turnos.
Descrição: Esta habilidade permite que Arthur transforme o próprio corpo em luz, tornando-se intangível pelo tempo que a utilizar. Ao se materializar, Arthur pode escolher o local em que o fará, desde que tenha conexão com as luzes de onde desmaterializou.

Nome: [P] Recarga
Grupo: Fotocinese
Efeito: +2 nos danos de Fotocinese.
Bateria: Armazena até 2 cargas por ponto de intelecto.
Descrição: Quase como uma espécie de bateria movida à luz (solar ou ambiente), Arthur pode carregar um certo potencial de luz consigo, podendo usá-la até mesmo em ambientes totalmente escuros, se for necessário, ou potencializar suas outras habilidades.

Nome: [P] Fotofobia
Grupo: Fotocinese
Dano: 1d2, quando tentam usar poderes mentais.
Efeito: É imune a poderes mentais de Intelecto inferior.
Descrição: Quando alguém tenta ter controle sobre a mente ou das ações de Arthur, corre o risco de sofrer uma terrível enxaqueca, por conta da luz que emana no cérebro dele (semelhante aos diamantes vistos por Xavier quando tenta invadir a mente de Frost). Isso dificulta o acesso à sua mente, por vezes impedindo-o totalmente.

Nome: [A] Portões da Babilônia IV
Natureza: Raciocinio [T] / Intelecto [D], se usar a mente para controlar.
Natureza: Reflexo [T] / Intelecto [D], se usar as mãos para controlar.
Grupo: Fotocinese
Teste: +8
Dano: 1d10+10, no total
Quantidade: Duas espadas por ponto de intelecto.
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada 3 turnos.
Descrição: Canalizando a luz, Arthur pode criar espadas de luz simultâneas, que podem ser manuseadas por ele, ou se preferir, apenas fazer com que sejam lançadas sobre o adversário. Apesar de seu formato, elas não cortam nem perfuram o que atingir: elas queimam.

Não comprou grupo cura ou alterar realidade para ficar comprando esse tipo de poder
Nome: [A] Cura Fotocinética II
Natureza: Raciocinio [T]
Grupo: Fotocinese
Teste: +4
HP: 1d6
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada dois turnos.
Descrição: Absorvendo a luz do local ou que esteja carregada em seu corpo, Arthur pode curar seus próprios ferimentos, até mesmo os mais graves. Quando a luz é solar, a cura se potencializa. E com isso ele tem conseguido manter seu corpo tão jovem, mesmo depois de muitos anos vividos.


Nome: [A] Lumus Solem II
Natureza: Raciocínio [T]
Grupo: Fotocinese
Teste: -1, precisa alcançar a potência do alvo.
Redutor: -4 em reflexo
Duração: 1 turno
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada três turnos.
Descrição: Arthur projeta luz de seu próprio corpo (seja na palma das mãos ou no corpo inteiro), iluminando o ambiente ao seu redor, podendo cegar temporariamente seus adversários, ou para quem ele direcionar a luz diretamente.

Confuso
Nome: [A] Use your Illusion
Natureza:
Grupo: Fotocinese
Teste:
Redutor:
Duração:
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada três turnos.
Descrição: Sendo capaz de manipular a luz ao seu redor, Arthur também pode controlar para que ela não reflita em objetos ou mesmo pessoas, fazendo com que sejam mais dificilmente percebidos. Em tese, funciona como uma ilusão fotocinética.

✖✖
[/b][/b]
avatar
Localização :
SP

Mensagens :
7

Dólares :
2530

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum