Fontes

[RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por James Taylor Evans em Sex Mar 25, 2016 5:56 pm



Do Frio Vem a Cura


- Participantes: James Taylor Evans e Alecto Gorgon
- Data: 19 de Março de 2016.
- Horário: 8 horas da noite.
- Local: Laboratório de Criogenia aplicada à Biologia do Dr. Evans.


✖✖
avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3415

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por James Taylor Evans em Sex Mar 25, 2016 6:53 pm

Do Frio Vem A Cura


Uma semana havia passado. Já era sábado. O último dia do inverno. Na manhã do próximo dia, começaria o outono.
"Minha estação preferida, meu frio, minha neve, minha alegria... estão acabando. Mas não me importo... dali outras três estações já estariam de volta... e enquanto isso, aonde eu for o frio irá comigo. Pelo menos até alguém descobrir sobre..." penso olhando para minha mão congelada. Desfaço aquilo e volto a me sentar em minha cadeira para iniciar meu jantar.
Havia trabalhado a semana inteira tentando resolver aquele problema que Scorpion havia me criado. Sim, exatamente, me criado. Pois estava muito bem, até aquele mulher aparecer e me ameaçar. Mas não importava mais agora. As ameaças já haviam sido feitas, e eu já havia conseguido reverter o problema do vírus. O que diga-se de passagem era algo muito simples. Bastou-se trocar o gás e a maioria dos vírus morriam. Para os que restaram, somente coloquei um agente anti-viral misturado ao novo gás e pronto. Resolvido o problema.
Liguei naquela manhã para o número de celular que havia no cartão da mulher, e deixei uma mensagem na caixa postal, pois ninguém havia atendido o celular. Havia dito para ela ir buscar o antídoto naquela noite. E assim o fiz, trabalhei a manhã toda tentando não pensar na mulher, mas não conseguia. Era impossível não lembrar do rosto dela, as vezes calma, e as vezes com raiva. O modo como ela passava de um estado para o outro, e o quão perigoso era.
Voltando ao presente, meu jantar tinha acabado de chegar. Tinha ligado para um restaurante japonês próximo dali e encomendado algumas coisas. Estava morrendo de fome, e nada da mulher chegar. Concluí que esta só iria aparecer mais tarde, se não tinha chego até aquele momento. Quando o interfone do prédio tocou dizendo ser o entregador, desci até o térreo:
- Obrigado, aqui está o pagamento, e pode ficar com a gorjeta senhor - disse educadamente, ao entregar algumas notas para o homem, este agradeceu com a cabeça e voltou para o carro de onde tinha saído. Voltei a subir para minha sala e não tranquei a porta - Talvez dessa vez ela seja mais civilizada e bata na porta para entrar, ao invés da janela - comento para mim mesmo. Mas por via das dúvidas, também deixei a janela aberta. Coloquei a comida em cima de minha mesa, que já estava previamente arrumada, com os papéis guardados em suas gavetas ou em minha maleta, e comecei a comer.


avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3415

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por Alecto Gorgon em Sex Mar 25, 2016 8:16 pm


Not's safe to cross my path...
...someone can end by Stung

Depois de um dia relaxante em um spa, havia finalmente voltado a sede dos Zodíacos. Chegar naquele local e dar de cara com uma confusão entre Libra e Virgo era estressante. Deixei ambos sozinhos na sala e seguia até meu quarto, parando apenas para poder observar um quadro que estava alguns centímetros torto.
Um recado no celular desligado indicava que o Doutor havia finalmente conseguido dar um jeito naquele vírus, também, até eu daria um jeito com uma ameaça daquelas.
Deixei uma risada escapar por meus lábios pensando na pressão que havia feito com aquele homem e achando graça, que alguém ainda acreditava naquele tipo de coesão.
Amarrei o cabelo em um coque alto e tomei um banho rápido, pegando um jeans velho e uma regata, que ficava por baixo de um moletom preto.

Percorrer o caminho entre a sede dos Zodíacos e o laboratório do homem havia sido bastante rápido. O que me atrasou foi ter parado em um drive thru.
- Como assim vocês não tem coxinha ? - perguntava indignada para a atendente que me sugeriria uma infinidade de lanches, mas nada de coxinha.
Irritada, saí do local criando uma chuva de vetores sobre o a lanchonete, escutando o som de uma explosão um pouco distante.
"Devo ter acertado algo além de carne humana", penso, costurando os carros que trafegavam no mesmo sentido, até o lado oposto da cidade, atrás das minhas adoradas coxinhas.

- Boa noite, o Dr. James Taylor está me esperando -
falo para o porteiro, que não demora muito para abrir o portão para mim.
Com certa dificuldade eu andava carregando meu capacete e uma sacola cheia de coxinhas com uma lata de coca cola.
Bati na porta aguardando o homem abrir, eu realmente não estava no clima para coagir ninguém, só queria minhas coxinhas e o antídoto, para poder lidar com aquela escória.


311 words » made by secret from tpo
avatar
Zodíaco
Localização :
Nova York

Mensagens :
190

Dólares :
3606

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por James Taylor Evans em Sex Mar 25, 2016 10:09 pm

Cortês até à alma


"Como pude me esquecer desse restaurante... a quanto tempo que não pegava algo ali? Três? Quatro meses? Preciso começar a voltar a comer ali... talvez em um dia de chuva, numa sala privativa, aproveitando uma boa bebida, a comida, e ouvindo somente o barulho da chuva... sim... isso seria ótimo, e muito relaxante... principalmente após el.." pensava com os meus botões até ser interrompido com o bater em minha porta.
Levantei a cabeça automaticamente e limpei os lábios com um guardanapo que estava ali próximo. Cheguei até mesmo a abrir a boca e puxar ar para dizer um "pode entrar", mas fechei a boca antes de dizer qualquer coisa. Mesmo naquela situação, seria uma falta de educação fazer aquilo. Até mesmo com aquela mulher.
Me levantei, dei a volta em minha mesa e fui andando até a porta enquanto conferia como estava. Gravata correta, colete arrumado, gola dobrada, mangas esticadas e limpas, cabelo ajeitado. Respirei fundo com a mão na maçaneta, controlando meu corpo e tentando parar o leve tremor que já tomava conta de minhas mãos. "Ela só vai entrar, perguntar do antídoto, pega-lo e ir embora, não vai fazer nada com você ou algo do tipo, fique calmo e nada vai acontecer, ela não vai te machucar", pensava, até abrir a porta dar de cara com a mulher:
- Boa noite senhorita S-co-corpion - disse educadamente ouvindo que gaguejei em uma parte - Queira entrar por favor - falei dando um passo para o lado e acenando com o braço para ela entrar.



avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3415

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por Alecto Gorgon em Sab Mar 26, 2016 7:02 pm


Not's safe to cross my path...
...someone can end by Stung

O Professor havia aberto a porta e mesmo depois de uma semana ainda estava com aquela cara de que a qualquer momento iria desmaiar. Até pensei em pedir desculpas pela grosseria e pela ameaça, mas aquelas coxinhas estavam tão deliciosas que acabei esquecendo.
Adentrei o local sem muita cerimônia, ao olhar para o ambiente pude notar que ele estava jantando, então me sentei na mesa e aguardei que ele fizesse o mesmo.
- Eu aguardo você terminar. - falei tranquilamente, dando mais uma mordida na coxinha.
Fiquei observando o homem parecer perdido por alguns segundos, mas depois parecer relaxar com a situação.
- Estou curiosa, Doutor. Entre todos que estudaram aquele vírus o senhor foi o único a obter resultados. Me conte. Como conseguiu isso ? - Eu esperava que ele usasse alguns termos técnicos, eu não era uma doutora como ele, mas me lembrava de algumas coisas e queria saber se minha teoria sobre o vírus estava certa. Claro que eu não contaria para ele minha teoria, se estivesse errada eu passaria por idiota, por isso deixaria que ele me explicasse o que havia feito.
Com uma dor no coração eu abrir a embalagem da ultima coxinha, olhei para ela por alguns segundos e a comi por inteira, apreciando seu gosto e sentindo que voltaria pelo mesmo caminho para poder comprar mais.


223 words » made by secret from tpo
avatar
Zodíaco
Localização :
Nova York

Mensagens :
190

Dólares :
3606

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por James Taylor Evans em Sab Mar 26, 2016 11:03 pm

Looonga explicação


A mulher entrou e se dirigiu diretamente para minha mesa sem dizer nada. Ela estava com um saco de papel em uma das mãos, e o que parecia uma coxinha na outra, comendo-a. Quando chegou perto de minha mesa, varreu o lugar com os olhou, e se sentou em minha mesa, dizendo que esperaria eu acabar.
Olhei para a mulher confuso ainda, desarmado posso dizer, pois achei que ela já viria com suas grosserias e ameaças, mas ela estava um tanto quanto... calma.
- Como queira - comentei. Me voltei para a porta novamente ficando de costas para a mulher, e respirei fundo, conferindo se não havia ninguém no corredor e fechando a porta novamente. Respirei fundo pensando "Calma, nada vai te acontecer, termine seu jantar e vamos com calma..." e voltei para minha cadeira caminhando lentamente. Enquanto me sentava observei com mas atenção a mulher e disse educadamente tentando ser agradável e quebrar aquele peso de... tensão... do ar:
- O c-c-coque combina com seu rosto - disse, tentando me controlar mas gaguejando novamente. Só de estar na presença daquela mulher, já me fazia tremer, pensando na possibilidade de desagrada-la e acabar... acabar mal. Enquanto comia em silêncio tentando não manter contato visual com a mulher, ouvi ela me perguntar como havia conseguido os resultados com o vírus. Me forçando a parar de comer, engoli o que restava em minha boca, limpei meus lábios com o guardanapo, e juntando toda minha coragem, levantei os olhos e encarei os poços escuros e profundos que eram os olhos de Scorpion, começando a dizer:
- Não fora algo muito difícil. O vírus é uma obra de engenharia genética pelo que pude identificar, parecido com o do HIV, em que integra seu material genético com o da célula, animal, vegetal ou bacteriana, que infecta - começo explicando devagar - Seu DNA nada mais é do que o gene X, o famoso gene que dá poderes aos mutantes e os torna o próximo passo da evolução humana - afirmo claramente - Pelo que pude ver nas rápidas análises em cultura de células, nas humanas comuns o vírus fazia a integração do gene X no DNA do hospedeiro ao mesmo tempo que incentivava este a ativar o gene e produzir seu efeitos. Já nas células mutantes, ele fazia com que a célula tivesse uma hiperprodução do material ligado ao gene X e entrasse em apoptose... isso é, morte celular - falo ainda mantendo o contato visual - O vírus era capaz de se mutar rapidamente e de uma geração para outra já conseguia produzir cepas completamente diferentes. Mas havia um único problema nisso tudo. Um problema que quem o produziu não pensou - fiz uma pausa enquanto abaixava os olhos para beber um copo do suco que acompanhava minha bebida, até abaixar o copo e voltar a olhar para mulher - O vírus era dependente daquele gás em que ele se encontrava. Quase trocasse-mos o gás por um outro, ele morria. O que fiz foi basicamente isso. Além de descobrir que ele não era resistente a um anti-viral chamado Interferon Delta que foi desenvolvido nos últimos anos, na luta contra o HIV - expliquei - Troquei o gás, apliquei o anti-viral e pronto, os vírus que sobraram mesmo com a troca do gás foram mortos - termino mantendo os olhos fixados nos dela ainda, até não conseguir mais e abaixar para minha comida novamente. Mexendo os dedos nos rachis e vendo que as coxinhas dela tinham terminado já, empurrei um pouco a barcaça de comida japonesa na direção dela oferecendo o par de rachis extras que havia vindo junto:
- Caso esteja com fome ainda, senhorita Scorpion.


avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3415

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por Alecto Gorgon em Dom Mar 27, 2016 5:04 pm


Not's safe to cross my path...
...someone can end by Stung

Toda aquela explicação havia me deixado um pouco tonta. Demorei alguns segundos para poder entender tudo o que o doutor falava sem parar, os termos e formas como o vírus agia. A forma como a criatura havia criado aquele vírus era simplesmente maravilhosa, e nas mãos certas, aquele vírus seria uma ótima arma.
- Então acabar com esse vírus é fácil... - comento para mim mesma em voz alta.
- Seria possível reverter os estragos causados pelo vírus em um mutante ? Torna-lo fértil novamente ? -
Meus pensamentos voavam com aquela descoberta, a possibilidade de usar aquele vírus como arma química ao mesmo tempo que protegeria os mutantes dignos era incrível.
Sentia meus olhos brilhando com aquela possibilidade, não conseguia acreditar que a solução para todos os meus problemas viria logo daqueles inuteis dos inumanos. Que a resposta para a superpopulação mundial seria assim tão fácil de ser resolvida.
Era obvio que eu não poderia contar o porque da minha pergunta ao doutor, enquanto o observava pensava em uma desculpa para caso ele perguntasse o porque daquela pergunta. "Preocupação para com quem já foi afetado". Ok, péssima desculpa, mas sinceramente, sem me conhecer não acho que ele conseguiria juntar X+Y assim tão fácil.
Olhei para a comida japonesa e senti enjoou, aquele tipo de comida nunca me agradara, principalmente depois de ter saboreado aquelas maravilhosas coxinhas.
- Não, muito obrigada, mas agradeceria um copo de água. - falei tranquilamente, olhando ao redor e tentando evitar contato com a comida japonesa.


251 words » made by secret from tpo
avatar
Zodíaco
Localização :
Nova York

Mensagens :
190

Dólares :
3606

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por James Taylor Evans em Dom Mar 27, 2016 5:43 pm

Looonga explicação


Ouço o comentário da mulher sobre a facilidade de se matar o vírus e e a pergunta dela sobre a possibilidade de se reverter os efeitos da esterilidade. Pensei em um pouco enquanto acaba de mastigar e ao fim, apontei para ela aonde ficava o filtro de água, ao fundo de minha sala e sob um balcão, pelo qual ela havia perguntado também.
Com isso, respirei fundo e levantei os olhos novamente, seguindo a mulher ir e voltar à minha mesa:
- Bem senhorita, não é tão fácil quanto pensou acabar com o vírus. Tudo o que lhe expliquei foram para condições in vitro, e não in vivo, pois uma vez que o vírus entrasse no corpo da vítima, nem as maiores doses de Interferon Delta conseguiriam acabar com a infecção. Trocar o gás seria uma medida preventiva, para antes da infecção ocorrer, a maior partes dos vírus serem mortos, e depois da infecção, os que restarem serem mortos pelo anti-viral. Por isso, o melhor modo de acabar com a ameaça seria trocando o gás e diluindo o antiviral no lugar em que o resto dos vírus estão armazenados antes destes serem espalhados na população, pois creio que estes estejam sendo guardados em meio líquido, e não gasoso - digo firme, tentando manter o olhar forte da mulher, talvez ela não fosse gostar muito do que diria a seguir - Sobre reverter a esterilidade, não sei se seria algo possível. Uma vez no corpo corpo da pessoa, mesmo que fizéssemos um tratamento forte com Interferon Delta, com doses acima do permitido pelo conselho de bioética e medicina, as células do mutante ainda estariam produzindo alta quantidade do produto do gene X. Para acabar com o problema... teríamos... que fazer uma terapia gênica... - digo lentamente pensando na possibilidade - Entenda, com terapia gênica, infectaríamos novamente o mutante com um novo vírus. Esse vírus silenciaria os genes X na região em que a infecção seria induzida sendo no caso da esterilidade: os testículos nos homens e os ovários nas mulheres. Contudo... há um problema: mesmo com toda a tecnologia atual, não temos 100% de controle sob o vírus. Então esse poderia tanto se manter na região, quanto se espalhar pelo resto do corpo do mutante... tanto silenciar as novas copias do gene X, quanto silenciar todas, e transformar o mutante em um... humano... - falo devagar, imaginando a reação da mulher.


avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3415

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por Alecto Gorgon em Dom Mar 27, 2016 5:59 pm


Not's safe to cross my path...
...someone can end by Stung


Os olhos de Alecto se fecharam de raiva ao escutar a explicação do doutor. Seu humor havia mudado drásticamente e ao abrir os olhos novamente, era quase possível vê-los vermelhos de raiva.
Suspirou fundo e socou a mesa, a garota nunca havia lidado muito bem com decepções, e descobrir que a desgraça daquele vírus não servia para nada a deixava muito frustrada. Todos os seus planos de usar o vírus como uma forma de controle de natalidade havia ido para o ralo, e com ele o bom humor da moça.
Estalou a língua em desacordo e se levantou, andando até o bebedouro e tomando um copo de água.
- Se essas são as opções, não há outra escolha. - fala em tom baixo, seu tom beirava ao fúnebre.
Alecto sabia onde encontrar o QG dos inumanos, mas não saberia colocar o novo gás no lugar do novo, então gostando ou não precisaria de ajuda do Doutor.
- Espero que já tenha terminado, Doutor. Você vem comigo. - falou mantendo ainda o tom fúnebre na voz.
- Os inumanos não deixarão o local vazio e descoberto, eu irei chamar atenção de todos e o senhor irá fazer a troca dos gazes. Estou sendo clara ? - perguntou, se apoiando na parede às costas de James, enquanto o observava e tentava não arrancar sua garganta.


223 words » made by secret from tpo
avatar
Zodíaco
Localização :
Nova York

Mensagens :
190

Dólares :
3606

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por James Taylor Evans em Dom Mar 27, 2016 6:32 pm

Desculpas


E é claro que Scorpion não reagiu nada bem àquela notícia. Acabei por descobrir da pior forma que ela parecia ter um temperamento calmo quando as coisas estavam indo como queria, pois quando estas desandavam, ela se descontrolava, a lá um bebe mimado.
Imediatamente após terminar de falar, voltei a acabar minha comida, e ouvindo o silêncio da mulher pude ver esta de olhos fechados só mexendo os lábios. Quando engoli e abri um pouco minha boca para chama-la, ela abriu seus olhos e percebi que tinha algo errado pois estes estavam vermelhos... "Por favor, que não seja de raiva".
É então que ela dá um soco em minha mesa, deixando a marca de sua mão ali e fazendo tudo tremer, ali, até fazendo um porta-treco meu cair no chão. Me assustei e movi a cadeira um pouco para trás tentando falar algo mas não conseguindo controlar minha gagueira:
- P-por favor senhorita S-co-co-corpion, tenha calma, tenho certeza que podemos fazer mais alg-gumas pesquisas com os vírus e tentar reverte-lo ou c-c-curar o problema da esterilidade de outra forma - falo rápido.
É então que ela faz um barulho com a boca e se levanta, se colocando atrás de mim. Automaticamente me virei também acreditando que ela já faria algo comigo. A princípio ela fala algo inaudível para mim, mas depois diz uma frase com tamanha clareza, que mesmo em baixo tom eu conseguira entender e aquilo não me pareceu nada bom, além de me colocar para tremer mesmo.
- Não senhor-r-rita eu não, eu sou somente um cientista, eu não tr-trabalho com essas... co-co-coisas, eu não posso ir com a senhorita e muito menos fazer isso que está me p-p-pedindo - dizia vendo ela se mover pela minha sala até sumir às minhas costas.


avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3415

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por Alecto Gorgon em Dom Mar 27, 2016 6:45 pm


Not's safe to cross my path...
...someone can end by Stung


A gagueira do homem e o fato de ter recusado aquilo que não havia sido uma pergunta fez com que o corpo de Alecto queimasse por dentro.
"Esse homenzinho realmente não sabe com quem está falando" pensa, deixando para trás toda sua ponderação em não machucar o doutor que havia lhe ajudado até o momento.
Estalei novamente a língua e andei na direção do homem, jogando para longe a cadeira que nos separava e virando o homem para mim.
Nossos corpos estavam a poucos centímetros, eu poderia facilmente torcer seu pescoço e arrumar outra pessoa para fazer seu trabalho, mas algo me dizia que ele era mais útil vivo do que morto.
- Acho que terei que ser clara com o Sr. novamente. - criei uma broca em minha mão esquerda e aproximei do pescoço do homem.
- Ou você aceita ir comigo e me ajudar, ou irei perfura-lo como se fosse um queijo, e enquanto você morre lentamente pela hemorragia, irei fatia-lo e você vai descobrir como é ser ração para peixe. Acredito que eles irão adorar. - falo, apontando com a cabeça para o aquario na parede.
- Sua escolha doutor. Se for comigo, garanto que nada de mal irá te acontecer, afinal, eu irei deixar o caminho livre para que você faça o seu trabalho, e depois, você nunca mais irá me ver. - todas aquelas palavras eram apenas mentiras, se eu precisasse novamente, saberia a quem recorrer, se algo desse errado, James seria deixado para atrás sozinho, mas naquele momento, precisava dizer coisas que deixariam o homem disposto a me ajudar.


265 words » made by secret from tpo
avatar
Zodíaco
Localização :
Nova York

Mensagens :
190

Dólares :
3606

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por Gambit em Dom Mar 27, 2016 8:35 pm

RP Finalizada e PF's entregues
avatar
Localização :
Em algum lugar no universo.

Mensagens :
61

Dólares :
3290

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Do Frio Vem a Cura

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum