Fontes

[RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Sab Dez 31, 2016 10:22 am








Alguém já se perguntou o que aconteceria se um gato tomasse vodka? Bom, esse é o momento de fazer a experiência...

Participantes: Gustavo Katzmann, Anne-Marie Lapeyre.

RP Fechada





FRABEL, OE!

--


Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
448

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Gustavo Katzmann em Sab Dez 31, 2016 10:46 am


Weretiger • G. Katzmann • [Ficha de Background][Ficha de Status]
i take one look at you and i grow
WILD

Descansava tranquilamente na floresta da mansão — minha área favorita, como se deve imaginar — e aproveitava o clima fresco. O cheiro do sereno, que ainda estava impregnado nas árvores, deixava-me relaxado e tranquilo, algo que pode-se imaginar que eu necessitaria, e muito.

Uma confusão recente com um dos outros alunos da Mansão X fez com que eu me estressasse demais e destruísse uma parte de um dos cômodos da casa —e que ninguém venha me cobrar sobre isso. Principalmente por que, estando aqui, redescobri um lado meu que queria esconder: o lado nervoso, o lado fera, que desperta na menor das confusões.

Pois é na borda da floresta que consigo relaxar, Esticando as patas sobre um tronco caído, colocado ali para que as pessoas sentem-se, tento tirar um cochilo tranquilo, para sonhar com as coisas que me fazem falta. Sonhar com a família, com os momentos que possivelmente perdi enquanto era mantido cativo... sonhar com a liberdade já pensada e nunca alcançada. E tentar esquecer a briga onde enviei outro aluno para a enfermaria, com cortes profundos de garras na altura do abdômen e marcas de mordidas no ombro.
Localização :
Quem sabe...

Mensagens :
111

Dólares :
2154

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Sab Dez 31, 2016 12:57 pm

Mal-caminho - Post 01

Anne-Marie havia conseguido entrar com uma garrafa de vodka na Academia. Tá, podia parecer algo banal, mas para uma escola de mutantes e super-humanos, super-vigiada, podia ser considerada uma façanha e tanto... A jovem segue até a parte fechada da floresta, onde sabia que havia poucas chances de encontrarem ela bebendo:
- Ok, acho que aqui está bem... *
A pirocinética fala para si mesma, olhando em volta superficialmente, só pra garantir que não tinha ninguém, e abrindo a mochila para tirar uma garrafa de vodka:
- Agora, é só você e eu... *
A jovem fala para a garrafa, tirando seu lacre, e virando ela numa grande golada, sentindo o sabor amargo e a sensação quente, que seguia pela garganta até o estômago... Podia parecer contraditório que o estado de embriaguez fizesse bem a uma pirocinética, levando em conta a questão das temperaturas e calorias, mas o estado alterado de consciência ajudava ela a afastar a sensação de dor das queimaduras:
- Ainda bem que não é meu fígado que queima... *
Anne-Marie fala de forma brincalhona, virando mais um gole, fazendo careta, e se refrescando ao abanar a regata preta que estava usando, aproveitando a brisa fresca:
- É... Tá esquentando a coisa... *
Ela comenta, sentindo calor, o que é irônico para uma pirocinética...

*: Falado em francês.
||
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
448

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Gustavo Katzmann em Dom Jan 01, 2017 11:33 pm


Weretiger • G. Katzmann • [Ficha de Background][Ficha de Status]
i take one look at you and i grow
WILD

Começo a respirar fundo, ronronando um pouco. Diferente do ronronar que todos são acostumados, o ronronar tranquilo dos pequenos gatos, meu ronronar mais lembra um rosnado, sendo algo bem grave e sonoro, audível por várias pessoas. O ronronar de um tigre, diferente do que se espera de um gato, só é liberado num estágio alto de satisfação, o que eu atingi agora.

No entanto, quando estava prestes a atingir o sono profundo, um cheiro horrível chegou em meu focinho. Acordei na hora, esfregando o braço na ponta do focinho, e caminhei na direção dele. Olhando por cima de um arbusto, vi uma garota sentada, segurando uma garrafa — a fonte do mau cheiro — e a tomando despreocupadamente. Cheirando melhor, percebi o que era: álcool. Era uma bebida alcoólica.

De sobressalto, saio detrás do arbusto e pouso na frente dela, com as mãos junto às patas e de cabeça baixa. Levanto minha cabeça e fito bem a garrafa.

— O que é isso? O que está fazendo? — pergunto, sentindo o péssimo cheiro do álcool.
Localização :
Quem sabe...

Mensagens :
111

Dólares :
2154

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Seg Jan 02, 2017 5:54 pm

Mal-caminho - Post 02

A bebida queimava a garganta de Anne-Marie, e não, não era uma boa sensação... As pessoas que não bebem sempre acham que os outros bebem pra fugir de alguma coisa ou de problemas, mas não, tudo era uma questão de saber o momento certo pra procurar um estado alterado de consciência... Mudança de percepção, mas isso poderia soar um pouco transcendentalista, ou hippie demais pra qualquer um que ouvisse isso:
- Aaah, que merda... *
Anne-Marie vira a garrafa, tomando um longo e único gole, sentindo a garganta adormecer e depois o amargor se espalhar junto à sensação quente do álcool, reclamando do sabor ruim da bebida... Após respirar fundo, virando outra vez a garrafa até ouvir alguma coisa se mexer entre as folhagens, e um vulto humanoide parando na frente dela:
> PFFFFFFFFFFFFFFFFT <
A jovem espirra a bebida que tem na boca com o susto, xingando em francês enquanto estava engasgada, sentindo bebida queimando pelo seu nariz, até perceber que se tratava daquele bicho que rodava de um lado para o outro nos terrenos da Academia:
- Que droga, não pode fazer isso!
Anne-Marie fala com mau-humor, não tendo certeza se a criatura podia entender o que dizia, mas se ele falava, certamente podia entender outras pessoas:
- Isso é água, e tô aqui fazendo o mesmo que você...
A jovem fala de forma meio invocada, mentindo sobre o que fazia ali e o que estava tomando...

*: Falado em francês.
||
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
448

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Gustavo Katzmann em Ter Jan 03, 2017 6:58 pm


Weretiger • G. Katzmann • [Ficha de Background][Ficha de Status]
i take one look at you and i grow
WILD

Dou uma rosnada ao ver o álcool cobrir a terra, após sair da boca dela. E não entendo uma palavra que sai dela mas, pelo teor de algumas, percebo que são xingamentos, e apenas reviro os olhos.

— Como não? Eu estou aqui, senti o cheiro de algo ruim e vim ver o que era. E vejo você aqui, bebendo — digo, me mantendo sentado, encarando-a.

Escuto-a dizer que aquela garrafa é água. Tolice. Tentar enganar alguém que pode cheirar aquilo que está na sua mão e constatar o que é realmente o produto não rola. É como querer mandar o papa ler a bíblia. Me aproximo dela devagar, e cheiro a garrafa que está em sua mão, torcendo o focinho e retornando para minha posição antiga.

— Isso não é água, tem cheiro de... álcool. Não tente enganar quem pode detectar objetos pelo cheiro — rosno, passando meu braço peludo na frente do focinho.

Vejo a mochila, e torno a olhar a garrafa novamente. Ela fazia algo que não estava certo, mas como entender suas motivações? Claro, ela deu azar de vir tomar isso na floresta, justamente no período em que estou nela. E é óbvio que meu tempo de permanência na floresta chega a ser quase vinte e quatro horas, a maior parte do tempo deixando o uniforme no quarto e brincando no meio das matas. Talvez o diretor chegue ao ponto de me proibir vir pra cá, mas deixar-me longe desse ambiente onde me sinto bem é um castigo sem igual.

— Você com certeza não estava fazendo o mesmo que eu... — digo, de uma maneira meio rude. — Pode falar a verdade, eu não vou espalhar... — termino, começando a lamber meu braço.
Localização :
Quem sabe...

Mensagens :
111

Dólares :
2154

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Dom Jan 08, 2017 12:24 am

Mal-caminho - Post 03

Anne-Marie é o tipo de pessoa introspectiva, extremamente territorialista e possessiva com suas coisas e seus espaços, não permitindo que as pessoas se intrometessem facilmente nos seus assuntos, e portanto, as perguntas do felino humanoide soavam profundamente incômodas:
- É, é álcool sim, mas é pra uso medicinal... Eu tenho queimaduras nos braços e nas mãos, e para mim o álcool funciona como analgésico... Eu tenho autorização, embora seja ilegal no terreno da Academia, só odeio ter que dar explicações a cada um que acha que tô fazendo cagada.
A pirocinética fala com certo mau-humor, mostrando as ataduras nos braços para reforçar seu blefe, porém, não haveria problemas em dividir a bebida, poderia não só convencer o gato humanoide a beber também, como se caso ele falasse alguma coisa, ela também teria a vantagem dele estar envolvido:
- E você, tem nome?
A jovem pergunta de forma seca para o gato humanoide... Pela forma como falava, a criatura parecia ser humana, ou pelo menos teria sido num passado não muito distante. Será que era uma doença? Será que todas as mutações transformava as pessoas em aberrações? Não sabia dizer, mas as queimaduras de seus braços deveriam passar, ou seriam apenas o começo de uma deformação física? Isso preocupava Anne-Marie, que afastava o pensamento destampando a garrafa de novo, e bebendo um grande gole enquanto sentia a garganta queimar com a bebida, voltando a se sentar no chão...

*: Falado em francês.
||
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
448

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Gustavo Katzmann em Dom Jan 08, 2017 9:36 pm


Weretiger • G. Katzmann • [Ficha de Background][Ficha de Status]
i take one look at you and i grow
WILD

Mas que pessoinha mal educada, hein? As vezes, as pessoas ganham as outras na simpatia, ou perdem pelo mesmo motivo. E, alguém que lida com os outros assim deve ser do tipo que perde as pessoas. Mas eu não sou uma pessoa, então... estou pouco me importando pra forma que ela diz.

— Álcool pra queimaduras? Que estranho... mas eu não estou nem aí se você tá fazendo certo ou errado, quem vai ter que responder é você mesmo! Só vim ver o que era esse cheiro ruim que eu senti enquanto estava cochilando...

O cheiro de álcool segue penetrando em minhas narinas, e constantemente passo o braço na frente, sentindo o incômodo. Talvez eu seja alérgico, ou então só o cheiro mesmo que é ruim.

— Tenho nome sim... Gustavo. O seu, qual é? — pergunto, tentando manter a conversa.

Me sento sobre as patas e fico a observando melhor. Ela é bem pequena, menor do que eu achei que fosse da primeira vez que a vi. Os cabelos pareciam estar pintados, pois não acho que alguém consiga manter dois tons de cor no cabelo. E sua pele clara, bom... é uma pele muito bela, tenho que concordar. Mas, sei lá... as vezes, olhando de certo ponto, ela não parece bem ser ela... será que os estrangeiros são todos assim? Percebo uma certa careta nela, e lhe pergunto, quase inocente perante os fatos:

— Se é ruim, por que que você toma isso? Eu, hein...
Localização :
Quem sabe...

Mensagens :
111

Dólares :
2154

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Seg Jan 09, 2017 1:39 pm

Mal-caminho - Post 04

Anne-Marie começava a mudar a visão sobre a criatura, ela tinha um nome humano:
- Eu me chamo Anne-Marie.
A pirocinética responde à pergunta de Gustavo, sentindo um tremor pelo corpo devido ao arrepio causado pela vodka barata. A jovem acha engraçada a pergunta do gato humanoide, encontrando uma certa ironia em pensar o sabor ruim da bebida e as sensações desagradáveis pós-bebedeira, a velha ressaca, com o efeito do álcool no organismo, a sensação de lentidão agradável, o efeito ligeiramente anestésico sobre suas queimaduras:
- A lógica do remédio... Pode ter sabor ruim, mas se te faz bem, é necessário.
A jovem fala misturando um sarcasmo com um ar de graça, bebendo mais uma vez:
- E além disso, você nem mesmo experimentou essa bebida aqui... Toma, bebe um pouco e fala o que acha.
Anne-Marie fala para Gustavo, esticando a garrafa aberta bem na frente de seu nariz, ou focinho, ela não saberia como se referir a ele... A curiosidade em saber se ele sempre fora daquele jeito, ou se já foi humano era algo que Anne queria perguntar:
- Hey, Gustavo, a pergunta é chata, mas você já foi humano?
A pirocinética pergunta, sem fazer cerimônias ou rodeios.

*: Falado em francês.
||
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
448

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Gustavo Katzmann em Seg Jan 09, 2017 6:43 pm


Weretiger • G. Katzmann • [Ficha de Background][Ficha de Status]
i take one look at you and i grow
WILD

Ela estava visivelmente incomodada com algo. As ataduras em suas mãos pareciam apertá-la, as queimaduras sobre as quais ela comentou devem ser mais sérias do que parecem.

— Não lembro de já ter tomado algum remédio... exceto as pílulas que me forçavam a tomar quando fui mantido cativo pelo exérci...

Antes de terminar de falar, o cheiro fica mais forte bruscamente. Vejo ela com a garrafa na minha cara, encostando a boca no meu focinho e na hora inclino minha cabeça pra trás, quase caindo de costas no chão — tive que colocar as mãos na grama pra evitar que ela enfiasse a garrafa no meu focinho.

— Esse negócio fede demais... — digo, afastando a garrafa com minha mão.

Sem querer, acabo deixando a mão dela com um pouco de pelos. É o que dá estar num período onde acabo soltando mais pelos do que o normal.

Quando penso em lamber as costas da mão, escuto-a me perguntar sobre algo de meu passado: perguntou se eu já fui humano algum dia.

— Humano? Não. Desde que nasci sou assim, um tigre. Nunca fui humano, e espero nunca ser.

Embora o final da frase tenha soado meio rude, a minha opinião é, basicamente, essa. Diferente de muitos mutantes que acabam ficando deformados, ou com formas animais, eu não tenho desejo algum de me tornar humano.

— Sinto que ser humano é ser fraco. Sei lá, vocês, humanos, parecem presos a essa forma, são forçados a seguir códigos de conduta, vestir coisas que apertam seus corpos... prefiro ficar assim, 100% tigre, integrado plenamente com a natureza.

Dito aquilo, sento sobre as patas e deixo minha cauda sobre um dos braços.
Localização :
Quem sabe...

Mensagens :
111

Dólares :
2154

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Qua Jan 11, 2017 11:13 am

Mal-caminho - Post 05

Anne-Marie estranha a atitude do gato humanoide. Quer dizer, quando se é uma aberração, é difícil não pensar em normalidade... E Anne-Marie já era considerada uma antes mesmo de seus braços explodirem em chamas:
- Mas seus pais eram humanos, ou eram tigres? Quer dizer, posso não ser expert em biologia, mas de tigre e humanos, não costuma gerar prole...
A pirocinética fala para Gustavo, imaginando uma bizarra cena de sexo entre humanos e tigres, e virando um gole da garrafa pra afastar os pensamentos:
- Fraco? Não tá dizendo isso pra mim... Anne-Marie fala terminando de engolir a vodka, segurando uma risada... - Você tá numa Academia que vai te fazer vestir um collant de cores padronizadas, seguir um código rígido de não-violência, e só tá aqui porque sabe que viraria tapete na sala de algum excêntrico se estivesse do lado de fora dos muros... A jovem fala com tom de deboche: - E ainda não aguenta um cheirinho de vodka...
Anne-Marie fala rindo, imaginando se o gato humanoide tinha real ideia do que era viver do lado de fora, ou se se tratava só de alguma balela furada sobre naturalismo ou "contato pleno com a natureza":
- Integrado na natureza... Se estivesse nessa vibe, não estaria falando um idioma, não diferenciaria aqui de dentro de lá de fora... A jovem continuava rindo, com um leve começo de embriaguez: - Larga essa bobagem de natureza, e experimenta isso... Ou tem medinho de uma garrafa? Anne fala para o gato humanoide, balançando a garrafa na frente dele, em tom de deboche e desafio...

*: Falado em francês.
||
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
448

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Gustavo Katzmann em Seg Jan 16, 2017 1:10 pm


Weretiger • G. Katzmann • [Ficha de Background][Ficha de Status]
i take one look at you and i grow
WILD

Observava-a tomar a bebida mais e mais, e ficava me perguntando sobre o motivo real dela se embebedar tanto assim. Era engraçado, mas ao mesmo tempo assustador, vê-la beber tanto.

— Meus pais, bom... eu não sei muito bem o que eram, já vi algumas coisas felinas nos corpos humanos deles, mas não sei bem...

Logo, escuto a provocação de Anne-Marie, arqueando a cabeça para o lado e movendo as orelhas, variando as posições delas.

— Ouviu falar em sobrevivência? Apenas estou aqui por que, infelizmente, os humanos de onde sou tinham armas e estavam me caçando para me matar. Infelizmente, ainda dependo de proteção para garantir minha sobrevivência. Os humanos não compreendem o que eu sou, e por isso não me deixam em paz. Até mesmo aqui, onde deveria ser um ambiente de paz, sou constantemente provocado por não ter uma casca humana... esse código rígido de não-violência não se aplica a mim. E... — olho para os pulsos de Anne-Marie novamente — Acho que não sou o único que tem algum problema com o poder, não é? — digo, apontando para as ataduras nos braços de Anne-Marie. Não fazia ideia de seu poder, mas aposto que essas ataduras indicam algo.

Fico observando a garrafa na mão dela, ainda curioso com o conteúdo, até que ela começa a balançar a garrafa na minha frente, me provocando de novo.

— Vibe? Bom, só pra deixar claro: eu não sou um desses pseudo-fanáticos por natureza. Eu, como pode ver, sou um animal de verdade. Minha conexão com a natureza não está no fato de eu falar. Está no fato de quem eu sou. Se eu falo, é por que tive contato com a sociedade o suficiente. Mas... vamos dizer que eu gosto de, as vezes, esquecer um pouco o fato de que sei falar... — digo, negando com a cabeça quando ela me provoca. — E eu não sei se quero provar isso aí...
Localização :
Quem sabe...

Mensagens :
111

Dólares :
2154

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Seg Jan 30, 2017 3:21 pm

Mal-caminho - Post 06

Anne-Marie achava engraçado o desejo de Gustavo em ser considerado um animal... Não que importasse pra ela o que outras pessoas diziam ser, seu pensamento era muito mais niilista voltado para a indiferença e a negação, do que qualquer tentativa patética de pensamento científico:
- Fica frio, se você dissesse que é um vidro de maionese, ninguém poderia negar... Só que autoafirmação e consciência não é coisa de animal, simplesmente porque eles não querem ser, eles são...
A jovem comenta, mais pensando pela lógica da embriaguez circulando suas memórias e suas próprias percepções sobre as pessoas, do que por qualquer conhecimento prévio... Não era a mais inteligente, e nem fazia questão de ser, enquanto virava a garrafa pra tomar mais gole, fazendo uma careta:
- Aaaaargh... Droga. *
A pirocinética pragueja do gosto, sentindo o calor do ambiente misturar-se à sensação quente da bebida descendo por sua garganta:
- Animais não escolhem e nem premeditam sobrevivência... Você só é por fora, o que a maioria de nós nesse zoológico-hospício é por dentro...
Anne-Marie fala com sarcasmo, sarcasmo esticando a garrafa para Gustavo, colocando-a próxima de seu rosto, por achar engraçado a reação do mutante:
- E podemos não ser animais, mas que isso faz muita gente agir como animais, não dá pra negar... A pirocinética fala rindo: - Toma um pouco... Não vai te fazer mal mesmo.

*: Falado em francês.
||
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
448

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Gustavo Katzmann em Qua Fev 01, 2017 10:16 pm


Weretiger • G. Katzmann • [Ficha de Background][Ficha de Status]
i take one look at you and i grow
WILD

Percebia sua voz alterada, e seu olhar começava a ficar perdido. Olhava para os lados, vendo se alguém se aproximava, e seguia ouvindo a garota, que agora já deveria estar completamente bêbada neste instante.

— Isso é um pouco mais complicado... afinal, eu não sou humano, nem mutante. E, como você disse... não é que eu queira ser... eu simplesmente sou. Com algumas coisas a mais, mas sou.

Escuto-a balbuciar alguma frase na língua dela, enquanto lambo as costas da mão e passo na cabeça. Seguia ouvindo-a falar mais um pouco e, antes que pudesse responder, lá estava ela, de novo, enfiando a tal garrafa em meu focinho. Jogo minha cabeça e corpo pra trás, quase caindo de costas, mas me recomponho rapidamente.

— Não sou apenas por fora... mas você está certa. Esse lugar é um hospício-zoológico mesmo. São todos animais, mas apenas eu sou por fora também. São todos animais... — digo, relembrando de alguns acontecimentos desagradáveis na Mansão X, como os vários alunos que insistem em, pejorativamente, tratar-me como uma aberração.

Ainda estando inclinado a recusar a bebida, me aproximo de novo de Anne-Marie, olhando de novo a garrafa.

— Não sei... e se fizer mal pra mim?
Localização :
Quem sabe...

Mensagens :
111

Dólares :
2154

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] Nos Esquemas do Mal-caminho

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum