Fontes

[RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Sab Dez 31, 2016 10:35 am








Dos mesmos diretores de As Crônicas de Gelo e Fogo, as Anedotas do Picolé e Fósforo...

Participantes: James Taylor Evans, Anne-Marie Lapeyre.

RP Fechada





FRABEL, OE!

esta RP é entre Freya e Abel, okays?


avatar
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
1463

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Sab Dez 31, 2016 11:43 am

Anedotas - Post 01

Sala de reuniões. Tá, era um lugar que Anne-Marie nunca havia ido, era restrito apenas aos X-Men oficiais e professores, mas por algum motivo, ela havia sido chamada para comparecer lá. Não havia motivo para se arrumar, ficando apenas com uma regata preta, calças jeans e chinelos, com os cabelos por baixo de um gorro preto, seguindo para a sala de reuniões na área administrativa do prédio principal.
Assoviava uma canção francesa de ninar, que sua mãe cantava para ela, mas pára ao ver o que fazia e as lembranças começarem a surgir... Aquilo lhe causava raiva, e a sensação visceral queimando dentro dela sempre resultava em mais queimaduras, o que piorava seus braços. Ou ela aprendia a lidar com a raiva, ou passaria o resto da vida tendo que cuidar de queimaduras:
- Droga... *
Anne-Marie pragueja sozinha, alisando as faixas que lhe cobriam as queimaduras das mãos até a altura dos cotovelos, e sentindo uma alteração na temperatura por baixo delas, procurando placas que indicassem o caminho... O prédio era realmente grande, poderia fazer uma pessoa se perder lá dentro se não prestasse atenção no caminho que fazia:
- Alguém aí?
A pirocinética pergunta, dando algumas batidas na porta da sala indicada como Sala de Reuniões, antes de entrar.

*: Falado em francês.
||
avatar
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
1463

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por James Taylor Evans em Sab Dez 31, 2016 12:43 pm

Novos Contatos


Ali estava eu novamente, na academia Xavier. Dessa vez, não mais em busca do diretor Uchoa mas sim de uma de suas alunas, uma inumana que ele havia comentado comigo. Cruzando as informações que ele havia cedido com alguns dados da própria S.H.I.E.L.D., descobrimos que era aquela a garota do incidente da França, com a névoa terrígena na universidade. Estávamos tentando rastrear aquela jovem a algum tempo já. O mais estranho é que não tínhamos muitas informações sobre o passado da jovem.
"Isso é um tanto estranho.. mas com o passar do tempo descobriremos tudo isso... não será em uma reunião que vamos saber tudo o que queremos".
Chegando na academia trajando meu costumeiro sobretudo e chapéu fedora, caminhava pelos corredores até a sala de reuniões, o lugar onde Uchoa havia marcado a reunião para mim. Como também de costume, alternava entre minha visão normal e minha visão térmica para ver através das paredes e portas o que as pessoas poderiam estar fazendo. Como sempre, nada de estranho. Quando me aproximei da sala de reuniões, já vi que havia alguém ali.
"Ela é pontual. Isso é bom".
Entrando na sala, me deparei com uma jovem mais nova do que pensei que seria. Não deveria nem ter seus 22 anos. Ruiva, com uma roupa casual, parecia muito mais com uma adolescente:
- Boa tarde Mademoiselle - disse fechando a porta e caminhando em sua direção - Sou Evans. James Evans. Diretor da S.H.I.E.L.D.. Fico feliz que tenha aceito meu convite para conversarmos. Qual seu nome? - perguntei, tirando meu chapéu e estendendo minha mão.

Habilidade utilizada:

Nome: [P] Visão Térmica II
Grupo: Criocinese
Efeito: Percebe fontes de calor próximas, incluindo alvos escondidos.
Área: 2m x Intelecto
Descrição: James consegue ver a radiação térmica das coisas a sua frente e suas variações, podendo identificar no escuro ou atrás de paredes finas.

Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS

avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3250

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Sab Dez 31, 2016 5:22 pm

Anedotas - Post 02

A sala de reuniões era confortável, com uma mesa no centro em madeira escura, bastante lustra, e cadeiras bastante confortáveis, de cor cinza, com uma grande televisão ao fundo. A iluminação por sensores faz com que a sala se ilumine no instante em que Anne-Marie entre no aposento:
- Nossa, isso que é elite... *
Anne-Marie fala em tom de surpresa, escolhendo a cadeira logo do topo da mesa para se sentar e admirar a vista... Ela se acomoda, sentindo o almofadado macio, na posição confortável para não dar dor nas costas:
- Car@lho, dá pra dormir nessa cadeira aqui... *
A pirocinética fala com tom de brincadeira, dando pulinhos sentada para sentir a maciez do estofado, e afastando-se com os pés sem se levantar, girando a cadeira como se estivesse recuperando aquele momento infantil de experimentar uma cadeira giratória pela primeira vez:
- Weeeeeeee... Weeeeeee... Weeeeeee... :yeah:
No momento em que ouve passos do lado de fora, ela pára de girar, assumindo uma postura séria, até ver a maçaneta girar e um homem entrar... Era sério, vestido de uma forma antiquada, e isso a fazia se lembrar dos "clientes" de quando trabalhava em Paris:
- Boa tarde... Sou Lapeyre, Anne-Marie Lapeyre... Anne-Marie fala em tom de brincadeira, fazendo um trocadilho com a forma como ele havia se apresentado a ela: - Não acho que fosse uma opção negar o convite...
Anne-Marie fala de forma marota, cumprimentando o homem, mas sentindo um certo receio em seguida:
- Peraí, não tô encrencada com as autoridades não, né?
A jovem pergunta com seu sotaque francês, demonstrando certa desconfiança...

*: Falado em francês.
||
avatar
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
1463

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por James Taylor Evans em Sab Dez 31, 2016 6:23 pm

Novos Contatos


Observo a garota calmamente ouvindo ela me responder. Logo de cara noto o forte sotaque francês dela. E dou um risinho sincero quando ouço ela comentar sobre meu convite:
- Não, não era. Mas temos que seguir o protocolo social não é mesmo? - falo, tentando segurar o riso.
Como a garota estava sentada em uma das cadeiras um pouco afastada da mesa e mais próxima da janela, pensei que seria melhor deixa-la o mais confortável e livre possível, e assim me dirigi a mesa e peguei uma das cadeiras. Já que estava ali, deixei também meu chapéu em cima da mesa, e levei o assento até próximo da janela também, para poder apreciar a vista dali. Conseguia ver grande parte dos jardins. Durante todo esse movimento com a cadeira, ouvi a pergunta em um tom sério vindo da garota:
- Claro que não mademoiselle - "Por enquanto não" penso comigo mesmo - Porquê estaria? - pergunto - Só quero lhe fazer algumas perguntas - falo sinceramente em um tom tranquilizador. Quando se está falando com jovens... ainda mais sendo autoridade, o melhor a se fazer para obter a cooperação deles é quebrar a tensão do local e criar um ambiente agradável para eles.
Depois que me assentei, fiz sinal para a jovem se aproximar mais da janela, e consequentemente do ponto onde eu estava, apontando para a minha frente na tentativa de termos um diálogo melhor. Enquanto esperava uma resposta dela, observava-a atentamente por alguns segundos.
"Tão jovem e metida em assuntos tão delicados... apesar de que muitos dos que enfrentamos também são jovens... será que todos os outros inumanos que nos causam tantos problemas começam assim como ela?" pensava comigo.
Após sua resposta, coloca uma de minhas pernas sobre a outra e começo a falar:
- Mademoiselle Lapeyre, estou aqui para conversar sobre você - começo - A princípio sobre o incidente no laboratório de Paris. Diga-me, como aconteceu aquilo? Como a mademoiselle acabou por entrar em contato com a névoa terrígena? - perguntei - Tentamos conseguir o máximo de informações possíveis sobre a mademoiselle mas o Sr. Uchoa aparentemente mexeu em alguns pauzinhos para ocultar tais informações de outras pessoas, inclusive de nós da S.H.I.E.L.D., então só nos resta - faço um sinal com os dedos indicadores na direção da garota - como fonte - conto sincero. Uchoa pode ter se demonstrado muito gentil comigo em nossa conversa, mas aquele fato não me passou em branco e será um assunto que tratarei com ele em nosso próximo encontro.
"Pelo menos ele permitiu que eu tivesse essa conversa com a garota" pensei.

Habilidade utilizada:

Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS

avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3250

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Sab Dez 31, 2016 8:23 pm

Anedotas - Post 03

O passado nunca foi o melhor amigo de Anne-Marie, e sempre que ela olhava para trás, ficava uma péssima impressão, um livro de memórias que ela simplesmente preferiria queimar do que ter que lidar com isso o resto da vida... Ela tinha uma vaga intuição que em minutos, se provaria certa. Ela se senta na cadeira de frente para o homem e ouve a pergunta dele:
- Inferno... *
Anne-Marie pragueja afastando a cadeira da mesa e cruzando os braços, numa postura defensiva acompanhada da mudança de humor demonstrando uma acidez:
- Quando você acha que o passado ficou pra trás, vem alguém querendo desenterrar... A pirocinética começa de forma ácida: - Eu estava lá no laboratório porque tinha sido convidada, e o carinha responsável pela manutenção não era lá muito habilidoso pra lidar com vidros... Derrubou alguma coisa e teve a explosão.
Anne-Marie fala de forma bastante resumida o que havia acontecido, sem tocar em pontos de seu passado, e relacionando a culpa ao funcionário, o que não deixava de ser verdade:
- E eu não sei porque o diretor Julio teria motivos pra esconder uma coisa que talvez ele nem saiba como aconteceu, e também nem sei porque eu sou a fonte, e nem porque é importante o que eu tenho a dizer, eu nem sei o que é uma névoa terrígena... O seguro não cobre os danos por acidentes químicos?
A jovem fala com sinceridade, sem deixar uma pontinha de cinismo evidente, principalmente ao questionar sobre o seguro do laboratório...

*: Falado em francês.
||
avatar
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
1463

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por James Taylor Evans em Sab Dez 31, 2016 9:34 pm

Novos Contatos


A primeira coisa que notava foi que havia tocado em um assunto delicado para a moça. Provavelmente um calo em sua vida. Não que ela estivesse errada, mas não haveria outro modo de conversar sobre aquilo com ela sem tocar nesse ponto. Teria que tomar muito cuidado agora, tentar conseguir o que queria de outra forma.
"Muito bem... vamos com calma com isso... tentar novamente..." pensei.
Respirando fundo, fiquei em uma posição melhor e comecei:
- Você disse sobre um responsável pela manutenção e um laboratório. Pode me dizer o que você se lembra de ter visto esse responsável fazendo? - falei com calma - No que ele mexia? Como eram os aparatos do local? A segurança do local?
Fazendo uma pequena pausa para tomar ar, pensei em mais algumas circunstancias do local para perguntar a francesa:
- Além disso, você comentou sobre ele não ser muito bom em manusear vidros, ter derrubado algo e ter acontecido a explosão. Você se lembra de ver alguma coisa entre o som da quebra e essa explosão? Consegue lembrar como foi essa explosão para me dizer? Se lembra de algo após a explosão e antes de acordar novamente? - falei devagar tentando focar mais em detalhes técnicos do que na vida da moça.

Habilidade utilizada:

Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS

avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3250

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Sab Dez 31, 2016 10:34 pm

Anedotas - Post 03

A primeira impressão passou longe de estar ideal, ou melhor, havia tido um efeito totalmente contrário. O comportamento esquivo de Anne-Marie tratava-se de contornar qualquer possibilidade de falar sobre seu passado, e ter que responder como ela estava no laboratório era dar uma pista, ainda que mínima, de parte de sua vida que tinha que ser esquecida a todo custo:
- Foi ele que havia me "convidado", e não usava jaleco nem equipamentos de proteção. Lembro que ele usava uma camisa pólo branca, calças jeans e sapatos, mas não era de proteção, e óculos... Ele não parecia funcionário direto do laboratório, mas talvez trabalhasse em outra parte, limpeza, portaria ou manutenção, porque ele tinha chave de acesso tanto ao laboratório, quanto ao portão, senão não teria entrado. E eu não sei dizer quais equipamentos tinham ou se estavam seguros, eu nem mesmo tinha entrado num laboratório antes...
Anne-Marie fala para o agente Evans, buscando em sua memória as imagens detalhadas. Lhe faltava o conhecimento para identificar exatamente que tipos de peças e componentes compunham o laboratório, porém as imagens lhe pareciam bem nítidas, de maneira fotográfica:
- Ele teve que ir pra outra sala, depois ouvi as coisas quebrando. Foi em segundos, primeiro a fumaça, depois o clarão... Não tem como eu saber como foi a explosão, e antes de voltar em mim, era apenas breu, como um sono pesado, mas sem sonhos.
A jovem pirocinética responde, ainda de uma forma seca, mas não mais tão ácida.

*: Falado em francês.
||
avatar
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
1463

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por James Taylor Evans em Dom Jan 01, 2017 2:09 pm

Novos Contatos


Eu ouvia atentamente as palavras da garota marcando mentalmente uma coisa ou outra que ela falava, detalhes de menor importância eu simplesmente ignorava. Ela parecia ter sido realmente só uma civil que havia sido pega no meio de um acidente e acabou fazendo parte daquilo. Contudo... deveria ter mais alguma coisa.
- Muito bem... quando você acordou desse sono pesado, o que você lembra de ver? Ainda estava no laboratório ou tinha sido socorrida? - Faço uma pausa - Se lembra de alguma sensação estranha? Algum desconforto? - Faço uma nova pausa. Estava chegando em um dos pontos especiais daquela conversa: os poderes da garota. O contato com a névoa terrígena teria ativado nela seu gene inumano e desse forma lhe concedendo poderes. Mas quais seriam estes? - Para estar aqui agora, você deve ter despertado com algumas habilidades especiais. Quais são elas? Consegue se lembrar de como foi a primeira vez que conseguiu desperta-las?
Enquanto falava, tamborilava os dedos de uma de minhas mãos sobre as costas da outra, lembrando de como eu mesmo havia tido a minha primeira experiência com meus poderes, apesar de que eu não tinha conseguido-os a partir do gene inumano e sim de um acidente de laboratório.

Habilidade utilizada:

Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS

avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3250

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Dom Jan 01, 2017 11:34 pm

Anedotas - Post 04

Anne-Marie definitivamente não estava à vontade com aquela conversa. Sentia-se pressionada, como se a qualquer momento tivesse que rever seu passado, e não estava nem um pouco disposta a fazê-lo:
- Quando acordei, eu fugi... Não sei nada de química, mas sabia que as coisas ainda estavam quentes por causa da explosão, o que significava que não tinha demorado tanto tempo pra recobrar a consciência. E ainda não tinha ninguém no local, então não tinha empecilhos e nem socorro....
A pirocinética fala sobre o ambiente, porém, omitindo a parte que lhe incluía... Podia não ser a mais brilhante ou culta naquela sala, mas sua experiência lhe garantia uma percepção e uma lábia que não seria comum à maioria das pessoas:
- Eu não me sinto confortável de falar sobre isso. Anne fala para o agente, mantendo uma postura incógnita, sem expressar sentimentos que pudessem entregar sua real intenção: - Porque não falamos de você, diretor Evans, porque não falamos sobre outras coisas?
Anne-Marie fala de uma forma que conhecia muito bem, a mesma maneira de quem negociaria um "trabalho" por um preço bem maior do que aquele que realmente valia:
- Adoraria saber mais sobre o seu trabalho, você, e sobre a SHIELD...
A jovem fala com um brilho astuto nos olhos, de alguém que começava a ver uma vantagem no fato de ser a fonte principal do caso...

*: Falado em francês.
||
avatar
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
1463

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por James Taylor Evans em Seg Jan 02, 2017 6:05 pm

Novos Contatos


Ouvia tudo o que a garota falava com atenção e até mesmo soltei um risinho quando ouvi as últimas palavras da garota. "Astuta devo concordar..." pensava. Mas se ela pensava que aquele tom funcionaria comigo... de repente veio a minha mente o sorriso de Laura... não... empurrei aquela dolorida memória para o fundo da mente. Definitivamente aquilo não iria funcionar comigo
- Vamos mademoiselle Lapeyre, não tente mudar de assunto, e lembre-se de quem faz as perguntas aqui sou eu - disse em um tom brincalhão.
O que ela estaria tentando esconder ali. Porque não dizer quais habilidades ela havia ganhou após a explosão. Porque certamente ela tinha ganho alguma. Ela não teria conseguido sobreviver aquela explosão e ter saído viva somente com algumas queimaduras, se não tivesse ganho algum poder. E falando em queimaduras:
- Diga-me - comecei - O incidente aconteceu a mais de dois meses... e a mademoiselle já está quase perfeita, tirando essas ataduras no braços - falei apontando - Seu rosto não está nem um pouco machucado mais, o cabelo já está grande - apontei novamente, mas em direção a face da garota e de seus cabelos saindo por debaixo do gorro - Porque então, somente os seus braços continuam enfaixados? - perguntei para a garota por fim.
Naquele assunto, eu saberia dizer se ela estaria mentindo ou não. Por ter estudado biologia, compreendia o mínimo de fisiologia e anatomia para saber que a pele dos braços era delicada, mas nem tanto quanto a do rosto. Mesmo que ela tivesse usado os braços para proteger a face, esta ainda teria queimado com o calor e não só as chamas, tanto quanto os braços. Tinha que descobrir o que havia por trás daquela história de verdade. Pelo menos algo sobre os poderes dela. Enquanto isso, continuava encarando a moça por mais alguns segundos, formulando um meio de como seguir.

Habilidade utilizada:

Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS

avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3250

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Seg Jan 02, 2017 9:13 pm

Anedotas - Post 05

A idade de Anne-Marie poderia sugerir certa ingenuidade, ou uma impulsividade juvenil, porém não era o caso da pirocinética... Lidar com a prostituição sempre foi um caminhar em corda-bamba, entre evitar "predadores" explícitos, evitar os disfarçados, evitar os potenciais predadores que, em sua grande maioria são ricos e excêntricos, o que sempre despertaria uma desconfiança... E claro, a principal regra para garantir a sobrevivência para a noite seguinte, evitar policiais. Mas se havia algo que era indispensável para a sobrevivência nas ruas, era saber o máximo possível dos clientes e "colegas", e nunca deixarem que saibam nada sobre você, o segredo é a chave da sobrevivência:
- Não estou mudando o assunto, até porque da mesma forma que tem interesse nas minhas informações, eu tenho interesse nas suas... Ou vai dizer que sai entregando informações pessoais suas a qualquer um que dá uma carteirada de autoridade na sua cara?
Anne-Marie fala séria, ainda mantendo o ar astuto e maduro de uma sobrevivente das ruas experiente:
- Se isso é sobre a explosão do laboratório, já sabe com quem acertar as contas, o seu funcionário. O fato de eu estar lá era meramente casual, já que não seria possível ter acesso ao laboratório sem os cartões e chave... Ou isso não é só sobre a explosão?
A jovem fala de forma sincera, começando a farejar as intenções daquela conversa...

*: Falado em francês.
||
avatar
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
1463

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por James Taylor Evans em Seg Jan 02, 2017 11:22 pm

Novos Contatos


Respirava fundo diante de tudo que ouvia de Anne. Ela tinha uma personalidade forte. Tinha uma forma de pensar rígida. E pelo caminho da conversa, não ia me dar as informações que eu queria com tamanha facilidade. Tudo seria muito mais difícil do que eu havia pensado.
"O que essa jovem tem? Qual o problema que dizer o que eu quero? Não estou perguntando nada que é pessoal dela. Somente informações sobre os poderes dela, informações que ela jamais teria se não tivesse se metido naquela história... mas calma. Não se pode perder a calma" pensava, relaxando na cadeira e olhando profundamente nos olhos da garota:
- Entenda mademoiselle, isso aqui não é uma simples requisição de informações, muito menos informações pessoais. Não estou perguntando de sua intimidade, de suas opiniões, de seu eventos realmente passados. Só estou querendo saber sobre seus poderes - faço uma pausa - Me dê pelo menos uma informação sobre eles e nossa conversa pode terminar agora. Você se livra de mim nesse exato segundo - digo abrindo um pequeno sorriso, com um tom simples - Agora, quero que entenda sua situação. Por causa de muitas pessoas más, a situação dos inumanos no mundo, principalmente nesse país que está morando agora, não tem agradado muitas pessoas - comento devagar - Eles vem causando muito dano a todos. Estamos só tentando descobrir o motivo disso, e tentando para-los - fico sério então - Se fosse uma situação normal, casual, como lidamos muitas vezes, a mademoiselle já estaria conosco e estaria na nossa base respondendo as perguntas que eu tenho a lhe fazer. Provavelmente com uma pessoa menos simpática e paciente do que eu. A única coisa que impede isso de acontecer é a autoridade do diretor Uchoa sobre essa propriedade E a minha boa vontade - faço um adendo sincero balançando a cabeça afirmativamente, sem notar minha expressão facial um pouco entristecida - Não quero ter que fazer isso. Vai contra algumas das ideias que tenho para tornar a S.H.I.E.L.D. uma organização melhor daqui para a frente. Mas se precisar chegar a esse ponto, acredite que eu o faria... por um bem maior - suavizo então minha expressão, lembrando de uma frase que ouvi a muito tempo "O bem de milhões em detrimento de milhares" - Mas duvido que tenhamos que chegar a esse ponto - abro um pequeno sorriso e me posiciono melhor na poltrona - Façamos o seguinte mademoiselle Lapeyre, para poder ter um pouco mais de confiança em mim, e no que estou dizendo, que tal se fizermos um jogo - proponho a garota - Eu respondo uma pergunta sua, como está pedindo, e você responde uma minha, de forma sincera e verdadeira, e ai vamos levando nossa conversa e podemos nos entender melhor. E ainda, uma pergunta que você fizer para mim e eu responder, eu poderei fazer a você e você terá que me responder. O que me diz? - termino abrindo um sorriso sincero.

Habilidade utilizada:

Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS

avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3250

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Ter Jan 03, 2017 10:51 am

Anedotas - Post 06

Anne-Marie sentia-se, de certa forma, bem-sucedida em sua empreitada. Haviam saído relativamente rápido da zona de conforto do agente, onde ele acreditava estar no controle, para a zona da ameaça, onde ele iria tentar encontrar alguma forma de mostrar o quanto era "bondoso" frente ao que poderia acontecer a ela... Como se ela nunca tivesse lidado com autoridades antes:
- Hmmm... Entramos na parte das ameaças... Anne-Marie fala com sarcasmo: - Mais gente querendo me matar por ter me tornado outra coisa depois do acidente... Grande novidade. Se vivesse nas ruas, saberia que mutantes não são os únicos que morrem por serem o que são... Pobres, prostitutas, negros, transexuais, viciados, já vi todos morrerem na vista grossa da polícia. Acha que venho da França vendida para turistas? Acha que comia croissant tomando café, na vista da Torre Eiffel? Então deixa eu te contar uma novidade, agente... Aberrações de capas, uniformes coloridos e agentes metidos a 007 da vida real não salvam gente como eu, nem na França, e nem aqui na "terra da liberdade". Surpresa! O seu "bem maior" continua matando gente como eu nas ruas, você não salva o mundo no final da história, e nem preciso dizer onde você deve enfiar seus "planos" e sua "boa vontade"...
Anne-Marie fala de maneira sarcástica, demonstrando que as palavras do agente não surtiam o efeito que talvez ele tivesse planejado... Ela ainda apostaria na autoridade de Julio Uchoa e sua esperteza, do que na confiança de um agente que ela nem mesmo sabia de onde havia saído:
- Responder até posso responder... De forma sincera? Não sei... Não ouvi você dizer que você responderia de forma sincera... A jovem fala com esperteza no olhar: - Eu começo... Porque não me fala de onde você é, até chegar onde chegou na SHIELD?
Anne-Marie fala de forma astuta, ainda sem depositar confiança no agente à sua frente.

*: Falado em francês.
||
avatar
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
1463

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por James Taylor Evans em Ter Jan 03, 2017 11:44 am

Novos Contatos


"Novamente esse mesmo discurso" pensava. Durante todo o momento que Anne falava, tentava puxar da mente quando fora que ouviu aquele discurso. Se perdeu durante a contagem mental na tentativa de lembrar quantos inumanos que havia capturado em atos de vandalismo e terrorismo utilizaram daquele mesmo argumento para se livrar da culpa dos atos, jogando esta para os policiais e autoridades.
"Nunca muda... sempre a mesma coisa...". Não que eles estivessem de todos errados, pois havia sim muita corrupção dentro da polícia e até mesmo do governo, necessitando de um grande pente fino ali para retirar todos. Mas isso não era motivo para os inumanos fazerem o que estavam naqueles últimos tempos.
"Como Uchoa conseguiu lidar com isso? Deveria ter pego algumas dicas, isso sim... mas nem que precise invadir esse local com todos os agentes no meio da noite para captura-la, não será ele que vai me impedir".
Ignorando a indireta final da garota, fiquei feliz em saber que ela estava aceitando entrar no "jogo" que havia proposto. Mas claro que com certa desconfiança. "Já é um começo". É claro que poderia responder as perguntas que Anne já tinha me feito. Mas ela não havia me confirmado ainda que responderia minhas perguntas com sinceridade:
- Dou-lhe minha palavra que responderei suas perguntas com o máximo de sinceridade possível. Mas para isso, preciso que me ajuda também. Preciso que responda as minhas sendo sincera também, como eu lhe propus agora a pouco. Foi como eu disse: você me ajuda e eu te ajudo. Se aceitar, já posso te responder agora mesmo o que me perguntou - falo com um pequeno sorriso - O que me diz?

Habilidade utilizada:

Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS

avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3250

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Qua Jan 04, 2017 12:38 pm

Anedotas - Post 07

Apenas dois tipos de pessoas atingiam cargos de poder: inteligentes adestrados, e burros úteis. E ficava óbvio para Anne-Marie, que a inteligência não era uma das qualidades do agente à sua frente... Dizer que ia ser sincero não a faria acreditar em sinceridade nem que a vida dela dependesse disso, e "forçá-la" a jurar sinceridade seria uma atitude, no mínimo, ingênua. Não sabia dizer se era mais engraçado ver o agente entrando num jogo de perguntas e respostas, como se fosse uma criança, ou jurando e exigindo sinceridade:
- Hmmmm... Normalmente tenho uma política bem rígida com autoridades... Se você estiver em maior número, bate primeiro e pergunta depois, se estiver um pra um, ofenda primeiro e saia correndo para onde te der vantagem numérica, e se estiverem em maior número, atravesse a rua... Sabe como é, nem todo mundo vem da classe média, e a gente como você odeia gente como eu. Não pensou que é apenas a autoridade do Julio e a sua "boa vontade" que salva a sua pele, ou pensou?
Anne-Marie fala com certo sarcasmo, fazendo zuera com a cara do agente, testando até onde a paciência dele suportaria:
- Com a sua "boa vontade" nas ruas, seria melhor torcer pro seu distintivo ser aerodinâmico, porque senão iria precisar de uma boa plástica anal...
A jovem fala de maneira divertida e brincalhona:
- Mas acho que posso tolerar sua cara por mais alguns minutos... Então faço jura de dedinho pra dizer que prometo ser sincera, porque não sou cristã pra jurar pela bíblia, e nem idiota pra acreditar que a lei se aplica às ruas...
Anne-Marie fala para o agente, esticando o dedinho num gesto infantil de promessa.

*: Falado em francês.
||
avatar
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
1463

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por James Taylor Evans em Dom Jan 08, 2017 2:01 am

Novos Contatos


Respirava profunda e lentamente enquanto ouvia Anne falar. Aquilo que ela estava fazendo era puramente um jogo para ver se conseguiria desestabilizar eu. É claro que já tinha visto outros fazerem aquilo dezenas de vezes durante os interrogatórios na sede. Aquilo não iria funcionar comigo.
Solto um risinho de canto de boca quando a jovem termina e me arrumo na poltrona. Balançando a cabeça afirmativamente, começo:
- Muito bem... fico feliz em saber que pudemos chegar à um acordo de maneira civilizada - olho para fora e percebo que havia começado a fechar o tempo, com gordas nuvens escuras cobrindo o céu sobre a mansão. Limpando a garganta, volto a dizer:
- Como você havia me perguntado, sou natural de Londres, Inglaterra. Sou um biólogo, um pesquisador acima de tudo. Vivi grande parte da minha vida lá. Tirando a pós graduação, que foi quando viajei por todo o velho continente, fazendo uma coisa aqui outra ali, uma contribuição aqui e outra acolá. No fim de minha pós graduação, fui convidado a me mudar para cá para trabalhar em um laboratório particular - É claro que omitiria toda a parte sobre Laura - Depois de uns anos e após alguns experimentos que de certa forma deram certo, a S.H.I.E.L.D. acabou por ver um potencial e mim e me convidou a entrar, em troca de eu lhes ajudar com minhas pesquisas. Ai depois disso é aquela coisa de sempre, como acontece em empresas, fui ganhando cargos, fazendo alguns trabalhos que deram certo, ganhando experiência, até que o último líder da organização decidiu sair e me indicou para ficar no seu lugar - termino com um sorriso - Agora, me conte... de onde você é? Onde cresceu? O que você faz hoje em dia agora que está morando aqui em Nova York? Estuda? Trabalha?

Habilidade utilizada:

Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS

avatar
Localização :
Nova York

Mensagens :
142

Dólares :
3250

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por Anne-Marie Lapeyre em Dom Jan 08, 2017 3:18 am

Anedotas - Post 08

Anne-Marie se afasta da mesa dando um impulso para trás na cadeira, apoiando os pés cruzados sob a grande mesa deixando seus chinelos no chão, enquanto ouvia a história do agente da SHIELD. Nada diferente do que as velhas histórias que os homens "de bem" contavam publicamente:
- Nossa, achei que não ia terminar nunca a exposição de troféus e medalhas...
A pirocinética fala com deboche, fingindo que dormia e acordava subitamente com o fim da história do diretor da SHIELD:
- Nossa, temos a história do Capitão América da vida real... Anne fala com visível deboche: - O cara que nunca bateu punheta cheirando a calcinha da própria mãe ou da irmã, o cara que nunca sonhou em dar uns pegas na esposa gata do vizinho, o pai de família que nunca quis ficar sozinho com a filha pra dar um "castigo" nela, o "bom sujeito" que nunca bateu na própria esposa no meio de uma discussão, ou estuprou ela quando tava bêbado... A jovem continuava, pensando no tanto de merda que tinha acabado de ouvir: - Quer o que, agente? Um tapinha nas costas? Uma medalha de cidadão exemplar nova iorquino? Título de sir? Vai à merda, agente, achei que tinha ficado claro que íamos ser sinceros um com o outro, não que você ia me fazer essa propaganda barata de meritocracia norte-americana...
Anne-Marie termina, fechando a cara e olhando fixamente nos olhos do diretor da SHIELD:
- Porque se for assim, eu vou dizer que nasci em Lyon, perdi minha mãe aos quatro anos, mas superei "heroicamente" a perda, e me levantei... Fui pra capital para tentar uma vida melhor em Paris, e certo dia esbarrei com o diretor Uchoa, que viu "potencial" em mim para me colocar na Academia de X-Men dele... Anne-Marie fala com visível ar de deboche: - Acreditaria mesmo se eu te contasse minha história desse jeito? A jovem questiona o diretor: - Eu não estou brincando, agente... Eu quero as merdas embaixo do tapete, quero saber quem você chantageou, quem você matou, de quem teve que puxar o tapete pra escalar a hierarquia, eu quero saber quem é que tirou o seu cabaço, quem é que traiu sua confiança, quem você teve que trair, quem você amou... Eu quero saber o que realmente aconteceu. E me ofende você achar que sou o público que você quer impressionar, e vender uma boa imagem da SHIELD.
Anne-Marie termina, se recostando novamente na cadeira, com uma expressão incógnita, porém bastante séria.

*: Falado em francês.
||
avatar
Localização :
--

Mensagens :
59

Dólares :
1463

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por Tempestade em Seg Jan 16, 2017 6:21 pm



UM CÉU OBSCURO PODE SER TÃO PERIGOSO QUANTO O PRÓPRIO CAOS
TEMPSESTADE

RP FINALIZADA :: 16/01/2017

Observações

Anna recebeu 70 PFS + 70 dólares pela RP normal atual. James recebeu 60 PFS + 70 dólares. PFS em dobro pela promoção.

Qualquer erro ou dúvida, favor mandar MP para mim.

Obrigada pela participação no fórum e o mantenha em movimento.


avatar
Admin
Localização :
Em todos lugares..

Mensagens :
84

Dólares :
3126

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada] As Anedotas do Picolé e Fósforo

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum