Fontes

[RP INDIVIDUAL] Death Girl :: Silver Eyes

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP INDIVIDUAL] Death Girl :: Silver Eyes

Mensagem por Roxanne D. Lichter em Ter Jan 24, 2017 11:00 pm



— ROXANNE LICHTER : STRYGA — RP INDIVIDUAL — DEATH GIRL :: RISING
<

I was born in a thunderstorm. I grew up overnight. I played alone. I played on my own. I survived.
I’m Alive!
Definitivamente Roxanne não fazia o tipo de garota que usava sua beleza para conseguir privilégios. Não porque não a tivesse, mas por gostar de evitar as consequências que ela sabia que viriam por parte de pessoas repugnantes. Sua afefobia a distanciava do mundo e, bem, seu imenso prazer em provocar a morte também.

Por conta disso ela buscou um abrigo solitário dentro de um dos vários galpões abandonados e espalhados por Nova York. Sua única companhia eram os arquivos da antiga Irmandade roubados por Taylor.

Ignorando fome e sede, ela lia com afinco e por longas horas aquele amontoado de informações. Eram tantas que sua vista estava embaçada, sua cabeça pesava, mas ainda assim ela permanecia a ler, preocupando-se em dar toda sua atenção para um assunto em especial: Yan Santorski e seu Clube da Luta.

Yan era um mutante polonês refugiado na América. Acabou tendo sorte com negócios não muito transparentes para o restante do mundo. Poucos sabiam que boa parte de sua pequena fortuna era resultado de lutas entre mutantes que aconteciam em seu clube extremamente sigiloso. Alguns diziam que as batalhas não eram de morte e no passado o local vivia repleto de mutantes em busca de dinheiro fácil, afinal, era prometido a eles uma parcela tanto para vencedor quanto para perdedor. Esse era o grande diferencial que mantinha o clube bem movimentado e que foi esquecido quando os lucros gerados não superavam os gastos, algo se perdeu nesse meio...

Antigamente o clube era sem dúvida um bom lugar para alguns esquentadinhos que adoravam distribuir porrada, mas também chamava a atenção de mutantes que precisavam de algum dinheiro para sobreviver, mutantes como Roxanne que não via uma melhor oportunidade além daquela. Ela poderia começar a roubar, tornar-se algum tipo de mercenária, mas o último implicaria em contatos e fama que ela ainda não tinha e ser uma simples ladra não a interessava. Ela queria ser reconhecida por algo muito maior e, além disso, gostaria de observar quem, além dela, também estava disposto a subir em um ringue se mostrando capaz de tudo para vencer. Mortes não eram permitidas naquele lugar, e isso a fez sorrir diabolicamente... Talvez essa regra mudasse...

A noite finalmente caía e a leitura se tornou impraticável pela negritude que envolveu o galpão. Daewa guardou as folhas que lia com tanta atenção e a escondeu em um local secreto. Em sua memória gravou o endereço e o nome daquele que deveria procurar. Ela precisaria ter uma conversa muito séria com um mutante perigoso, certamente mais hábil que ela, mas de alguma forma Rox se sentia confiante. Havia algo em seu interior que vibrava de maneira frenética. Ela confiava em suas armas, já pensava em seus argumentos e ela não se esquecia, ela era a 'Death Girl', a estranha figura mutante que se levantou da morte para matar uma equipe da Shield e o governador anti mutante. Rox tinha certa fama, seu rosto sempre aparecia em alguns telejornais, apesar do assunto estar sendo esquecido. Lichter usaria essa fama para sua conversa com Yan...

Pensando dessa maneira ela vestiu-se com seu sobretudo empoeirado, colocou a touca em sua cabeça e cobriu metade de seu rosto com um pano velho, mas limpo. Algo que mantinha oculta sua identidade, mas nem que de longe conseguia impôr algum respeito. Roxanne dessa maneira mais parecia uma mendiga imunda, alguns inclusive poderiam achar que tinha problemas mentais, mas isso não a incomodava. Ela sabia ser paciente e quando estivesse no topo, cobraria cada uma dessas humilhações, e cobraria em dose tripla.

A oriental saiu quando só havia penumbra entre as ruas. A brisa fresca impedia que seu corpo derramasse uma única gosta de suor, pelo contrário, por vezes a brisa fresca infiltravasse por meio das frestas de suas vestimentas e a menina se arrepiava, sentindo-se viva novamente. Ainda confusa sobre essa sua nova condição, ela só tinha a certeza de que preferia o frio daquela noite ao calor insuportável que as vezes lhe atormentava.

E dessa maneira Roxanne seguiu, contando apenas com suas pernas e seu caminhar acelerado. Por sorte ainda sabia como andar por aquelas ruas e chegar ao clube demorou por volta de duas horas. De frente ao estabelecimento, ela estranhou sua decadência. Não esperava um local luxuoso, na verdade só um louco tornaria um quase palácio em um clube da luta, mas aquele lugar parecia em ruínas e deixava muito a desejar no quesito segurança.

Daewa entrou facilmente pela única porta do lugar e percorreu um corredor de uns três metros. Ninguém a incomodou, ninguém questionou seu nome e ela já começou a pensar que estava no lugar errado, pensou também que logo seria surpreendida por alguém saltando em meio a escuridão, alguém que a agarraria e a arrastaria para o ringue. Talvez fosse isso que acontecesse com os intrusos... Mas nada disso aconteceu... Rox encontrou um salão enorme, mas praticamente vazio. O que mostrava que estava no lugar correto eram dois homens em um ringue. Ela parou para observar a luta e sentiu o desânimo, esteve a ponto de bocejar. Aqueles dois eram ridículos, despreparados, ela não perderia seu tempo observando aquilo.

- Amadores... - murmurou com sua voz baixa e abafada pelo lenço. Desviou seu olhar para o que lhe rodeava e o que encontrou foram seis gatos pingados no bar, pessoas que nem voltavam seus olhos para o ringue e ela entendia o motivo.

Lichter de princípio pensou que aquele era um dia de apresentação dos piores tipos. Observou com mais atenção as instalações e percebeu que certamente o clube seria muito maior do que aparentava, aquele salão provavelmente era para não atrair suspeitas, se duvidasse os dois que lutavam eram apenas humanos. Por isso ela se aproximou do bar, perguntando ao barman sem nenhum tipo de rodeio.

- Onde encontro Yan Santorski?

Uma das sobrancelhas do homem se ergueu e seus olhos castanhos analisaram Roxanne da ponta do pé até seu último fio de cabelo. O desdém não foi oculto e o rapazote que não deveria passar dos vinte anos deu as costas para ela, dizendo:

- Pronto, mais um mendigo querendo dinheiro fácil...

Rox havia sido ignorada e desprezada e estranhamente não se irritara, mas precisou mostrar do que era capaz.

- Apenas olhe para aqueles dois e veja que eu não sou apenas uma mendiga...

Ela se voltou na direção dos que lutavam vergonhosamente, eles se agarravam, distribuíam socos tortos, mas repentinamente caíram, um para cada lado. No mesmo instante a 'platéia' se levantou, todos surpresos, esperando que se levantassem... Isso não aconteceu.

- Eu posso matá-los se eu quiser, mas gostaria que o Yan pudesse presenciar a cena. Óbvio, se puder chamá-lo.

[color=#7A378B]- Ér... Ér... E quem eu anuncio? - o rapazote perguntou, estava tão surpreso quanto os outros e por isso gaguejava.

- Fale que é a Death Girl, se ele for esperto saberá de quem se trata. - Rox dividia sua atenção entre os desmaiados e o barman. Este saiu atordoado, e ela percebeu que todos ali a encarava.

- Se querem ver um verdadeiro show, o pagamento deve compensar... E eu não digo tirar a roupa, mas sugar a vida de cada um desses inúteis. Por isso coloquem tudo o que têm sobre o balcão, ou vocês ficarão como eles...

Aqueles seis se entreolharam, de início não acreditavam que ela falava sério, mas ela com apenas um olhar fez um deles se ajoelhar e revirar seus olhos, a vida parecia se perder a cada segundo.

- Querem dormir para sempre? - ela questionou e seus olhos escuros se tornaram frios e cintilantes. No mesmo instante mil dólares se amontoou sobre o balcão e os dois que lutavam continuaram desacordados.



◉ informações


Ações:

~
~
~

FICHA X:

Defeitos:


~Em Construção

Atributos:

~ Em Construção

Perícias:
~ Em Construção

Poderes:
~ Em Construção

Equipamentos:
~ Em Construção

observações:

~ [url=Música: Alive : Sia
~ Palavras: +1000
~ Poderes e equipamentos NÃO usados estão em riscado.
~ la la la
~ Qualquer dúvida, MP!
~ Beijos!

DATA:: 18/11/2016 || MADRUGADA || CLIMA FRIO
(c)
avatar
Localização :
Ela é seu último suspiro

Mensagens :
18

Dólares :
1864

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP INDIVIDUAL] Death Girl :: Silver Eyes

Mensagem por Tempestade em Qua Fev 01, 2017 1:53 pm



UM CÉU OBSCURO PODE SER TÃO PERIGOSO QUANTO O PRÓPRIO CAOS
TEMPSESTADE

RP FINALIZADA :: 01/02/2017

Observações

Recebeu 10 PFS + 70 dólares pela RP individual.

Qualquer erro ou duvida, favor mandar MP para mim.

Obrigada pela participação no fórum e o mantenha em movimento.


avatar
Admin
Localização :
Em todos lugares..

Mensagens :
84

Dólares :
2701

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum