Fontes

[RP INDIVIDUAL] Poor Guy :: Parte I

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP INDIVIDUAL] Poor Guy :: Parte I

Mensagem por Aiden Veal Gough em Dom Fev 05, 2017 2:12 pm



welcome to the freakshow.

This is where the freaks go, This is the place that they can never take away.

☠A voz de Hommer ressoava em meus tímpanos, seus gritos se repetiam incontáveis vezes, aquilo era tedioso.  Mais um dia começava e eu sofria com sua fúria. Como acontecia em momentos esporádicos, aquele era o dia de sua folga e só eu sei como odiava aquele dias. Eles eram sempre iguais, raramente me traziam algo de positivo. O homem acordava, eu já estava de pé para ir para escola. Dustin, o queridinho da família, tomava seu café da manhã perfeitamente arrumado e mostrando um sorriso diabólico no rosto. O garoto sempre tomava banho primeiro e tinha o costume de se apossar do banheiro por mais de meia hora apenas para ter o prazer de me fazer atrasar, essa era sua maior diversão nos dias de folga do ‘papai’. O resultado disso eram os gritos enraivecidos, as broncas, e muitas vezes alguns tapas fortes que recebia na cabeça após sair do banheiro.

- Você nunca quer aceitar suas responsabilidades, não é? Se acha muito especial por causa desses seus poderes. Mas você é uma aberração, Aiden, nem deveria ter nascido. – essa eram as palavras que sempre ouvia daquele maldito. Às vezes ele acrescentava mais algumas palavras, outras seus tapas tinham a capacidade me levar ao chão. Era sempre assim.  Não havia dia certo para sua folga e quando ela não acontecia em uma determinada semana, eu me considerava com sorte, mas quando Hommer passava o dia inteiro em casa, eu me sentia em um inferno.

Naquele dia em especial acordei não me sentindo muito bem. O estômago embrulhava, a cabeça girava e eu me obrigava a manter tudo o que tinha consumido na noite anterior dentro desse estômago revoltado. Se fosse um dia comum eu poderia convencer a minha submissa mãe que não deveria ir para escola, que precisava de um médico, pois a febre ultrapassava os 39 graus. No entanto, Hommer estava em casa, e fazer drama e faltar à escola seria algo inaceitável.

Dustin aprontou novamente, dessa vez demorando ainda mais no banho. Só que não  permiti que suas maldades me atrapalhassem, troquei-me e desci antes dele, sem banho e sem paciência. Se eu soubesse como o maldito Hommer reagiria, talvez tivesse repensado 10 vezes sobre essa atitude.

Eu me sentei à mesa, ouvindo minha mãe que comentava sobre minha rapidez para descer justamente naquele dia. Margareth estava linda naquela manhã e eu em uma atitude rara olhei profundamente em seus olhos azuis, ganhando dela um sorriso singelo. Poderia crer que o dia seguiria sem muitos contratempos, pois até o momento coisas boas haviam acontecido. Aos meus oito anos de idade ganhar um sorriso da minha mãe era como ganhar na loteria, e por isso o dia poderia ser considera o melhor de todos.

Porém, permaneci sem demonstrar muitas emoções, recusando o café. Tentava ao máximo parecer forte, mas o que mais queria era me jogar no chão, espernear, fazer cena e gritar aos quatro pontos que não iria para escola, que me sentia mal, mas eu tinha a certeza de que a surra que ganharia por essa crise estúpida seria no mínimo épica...

- Você está bem, Aiden? Está suando , mas o tempo está gelado. – a voz branda e a pergunta surpreendentemente preocupada de Margie invadiu meus tímpanos, ela havia percebido apenas com um olhar que eu estava doente, também, era enfermeira...

As surpresas não pararam por aí, após muito tempo me privando de contatos físicos, ela se aproximou, tocando delicadamente minha testa e medindo minha temperatura. Os segundos foram breves, mas aquele toque me fez sentir uma das melhores sensações que já tivera na vida. Foi algo indescritível, como se o mundo se mostrasse muito mais bonito e suportável.

Era raro qualquer demonstração de afeto naquela casa. Dustin não se importava, assim como Hommer ele achava que abraços, toques, beijos e palavras de carinho eram ‘coisas de bichinha’. Eu precisava concordar, precisava suportar a carência todos os dias, e talvez fosse melhor para todos que minha mãe pensasse como eles, mas ela não pensava, ela era diferente, ela era como eu, tinha medo. E eu a amava profundamente por isso, odiando-a pelo mesmo motivo e na mesma intensidade.

- Por Deus, você está ardendo em febre, Aiden... Voc... – ela não teve a oportunidade de terminar sua fala, ambos ouvimos Hommer urrar como um ogro, isso significava problemas dos grandes.

Como sempre fazia, Margareth se afastou na velocidade de um raio, desaparecendo da cozinha. Ela previa o que viria a seguir e eu até os dias de hoje não consigo entender o que se passava em sua mente. No mesmo instante senti a decepção.Segundos atrás estava pensando que algum milagre havia acontecido, que eu poderia contar com uma mãe verdadeira, mas subitamente a realidade mostrou sua verdadeira face, dilacerando todas as esperanças que me dera, mostrando o quanto a preocupação daquela mulher era volúvel e frágil. Margie sempre me abandonava, mas não sei se era por conta de ser uma desgraçada fraca, incapaz de se opor ao marido, ou se era apenas por ser uma infeliz miserável, do tipo que se esconde porque não consegue ver seu filho apanhando. Provavelmente eram as duas coisas... Nunca tive a oportunidade de perguntar isso a ela.

Hommer desceu as escadas parecendo pesar 1 tonelada. Eu ouvia os passos pesados, firmes e furiosos. Ele parecia correr. Gritava meu nome, misturando-o a xingamentos que nunca deveriam ser direcionados a uma criança de oito anos de idade.

- Seu porco! Tá pensando em aparecer sem banho na escola só pra me provocar vergonha? – o desgraçado apareceu como um demônio ensandecido, invadindo a cozinha. Dustin o seguia como sua sombra, deixando transparecer seu sorriso maldoso, não foi difícil perceber que havia me delatado.

Permaneci sentado onde estava. Estranhamente, apesar de dentro de meu peito o coração disparar de maneira descontrolada, a minha expressão permaneceu serena, com um leve fio de sarcasmo.

“Pronto! Já ganhei mais uma surra, pelo menos se vomitar na cara dele talvez ele me bata o suficiente para me deixar desacordado.” – pensei, ainda arriscando um sorriso. Curiosa a minha atitude? Não muito. Eu estava acostumado e só esperava o dia em que aquele brutamonte me deixasse desmaiado no chão e o dia para isso acontecer parecia ser perfeito, eu nem queria ir para a escola mesmo...

Nas surras que me dava, o maldito sempre foi esperto e raramente tocava em meu rosto, ele apenas deixava marcas onde as pessoas não pudessem ver, não queria correr o risco de ser mais uma vez delatado. Porém, Hommer surpreendeu a todos naquele dia. Ele fez o inesperado, desferiu um murro potente contra meu rosto,acertando-o em cheio, derrubando-me da cadeira e me fazendo apagar imediatamente.

O homem estava descontrolado e talvez o motivo tenha sido que na noite anterior tivesse bebido além da conta, o bastante para ir dormir às quatro da manhã e ainda acordar sob o efeito do álcool. Ele não era alcóolatra, bebia raramente, e depois daquele dia não me lembro de tê-lo visto beber novamente. O motivo? Talvez também fosse esperto para saber que se perdesse a cabeça da maneira que perdeu, esconder seu filho mais uma vez durante uma semana iria causar suspeitas e ele sentia que muitos comentavam sobre suas atitudes, mas ninguém tinha coragem de denunciar...

AÇÕES:


Ação 1:

Ação 2:

Ação 3:


FICHA X:


Defeitos:


▎Excesso de confiança (1): Cheio de si, Aiden tem muito orgulho de todos seus meios que o levaram à sobrevivência e superação. Acha ser incapaz de errar, por isso sempre culpa os outros quando algo sai do controle.

▎Intolerância (1): Machista ao extremo, Aiden não tolera ver mulheres alcançando altos postos e ainda se sente incomodado com homossexuais frequentando o mesmo local.

▎Segredo (3): É membro de uma organização secreta, esta possui objetivos obscuros, além de muitos assassinatos. Aiden mata alguns de seus pacientes, além de qualquer um que entra na "Lista'". Já matou seu irmão mais velho.

▎Teimosia (1): Aiden sempre procura fazer as coisas ao seu modo. Não aceita receber ordens e muito menos se encontra disposto a mudar seus métodos.

Atributos:


03 Potencia

03 Reflexo

06 Intelecto

05 Raciocino

▎PV'S: 110

Perícias:


▎Psicologia

▎Medicina

▎Arma de Fogo (Pistola)

▎Sacar Rápido (Pistola)

▎Sacar Rápido (Bisturi)

▎Estratégia

▎Anatomia

▎Arte Marcial (Estilo Próprio)

Poderes:


Nome: [A] Vibração Maldita

Natureza: Raciocínio [T]

Grupo: Indução à Sensações

Teste: -6, deve alcançar a potência da vítima.

Ações: 3

Duração: 1 turnos. Pode ser gasto 3 ações por turno para manter.

Recarga: 1 vez a cada 2 turnos.

Descrição: Com sua habilidade em induções, o personagem emana uma vibração sinistra que causa pânico extremo ao alvo. Para sofrer o efeito basta que esta energia seja concentrada e direcionada à vitima por meio de gestos ou toque, a mão do indutor pode inclusive estar nua ou não caso haja necessidade de toque. A vítima afetada pela vibração acaba entrando em um estado de intenso pavor e paralisia. O corpo do alvo reage entrando em choque, deixando a vítima em estado catatônico, impossibilitado de agir por certo tempo.

Nome: [A] Estalar da Insegurança

Natureza: Raciocínio [T]

Grupo: Indução à Sensações

Teste: -2, precisa alcançar a potência da Vitima.

Redutor: -3 em todas jogadas do oponente

Ações: 3

Duração: 2 turnos, pode ser gasto 3 ações para manter.

Recarga: 1 vez a cada 4 turnos

Descrição: Ao estalar seus dedos, Aiden consegue provocar em um alvo específico uma intensa sensação de insegurança. O alvo se torna incerto sobre suas habilidades e encontra grandes chances de fracassar em suas ações. 'Duração Estendida'

Nome: [A] Toque Fulminante

Natureza: Raciocínio [T]

Grupo: Indução à Sensações

Teste: -2, deve alcançar a potência da vitima.

Ações: 2

Duração: 2 turnos. Pode ser gasto 2 ações por turno para manter.

Recarga: 1 vez por combate.

Descrição: Aiden concentra o máximo de sua energia indutora a fim de executar um ataque que pode ser ou não com suas mãos nuas. Com um simples toque ou golpe o personagem consegue induzir uma dor lancinante na vítima, provocando um desmaio. 'Duração Estendida'.

Nome: [A] Ataque Hemorrágico

Natureza: Reflexo [T] / Potência [D]

Grupo: Humano (Arte Marcial)

Teste: -2 para provocar o sangramento, precisa alcançar a potência da vítima

Dano: 1d10+2

Dano contínuo: 2

Duração: 1 turno

Recarga: 1 vez a cada 2 turnos

Descrição: Após vários anos se dedicando aos estudos da medicina, Aiden tornou-se apto a usar seu conhecimento para o mal, tornando-se um assassino meticuloso em sua arte. Utilizando qualquer tipo de arma de fogo, arma branca ou até mesmo uma improvisada, o personagem identifica o melhor ponto vital a ser afetado e ali abre uma ferida profunda que atinge alguma artéria importante do corpo, podendo inclusive atingir órgãos vitais. A ferida aberta irá sangrar até ser estancada.

Nota: Condicionado ao uso de equipamento

Nome: [P] Mestre das Induções I

Grupo: Indução à Sensações

Efeito: +2 em testes do Grupo de Poderes Indução de Sensações

Descrição: Por um longo tempo Aiden passou se aprimorando em sua técnica indutora, mas não de maneira comum, ele também usou seu conhecimento em medicina para compreender como o corpo é capaz de reagir de acordo com determinadas sensações. Com o tempo ele se tornou mestre nessa área. Analista e sádico como é, o medico concentra-se bastante para executar qualquer ação referente a indução de sensações e por isso obtém mais chances de sucesso.

Nome: [P] Ferimento Agravado I

Grupo: Humano (Anatomia)

Efeito: +1 em todos os danos físicos
Descrição: Com seus conhecimentos amplos em anatomia, os golpes de Aiden concentram-se sempre em causar mais danos, pois o médico reconhece exatamente cada ponto vital do ser humano. Cada golpe e/ou ataque do personagem é sempre focado nesses pontos vitais, tornando-se muito mais graves.

Nome: [P] Olhar Clínico

Grupo: Humano (Estratégia)

Efeito: +1 em testes de ataques físicos

Descrição: Sempre analista, Aiden tornou-se apto a usar seu conhecimento para o mal, tornando-se um assassino meticuloso em sua arte. Utilizando qualquer tipo de arma de fogo, arma branca ou até mesmo uma improvisada, o personagem identifica e atinge o melhor ponto vital a ser afetado, tendo maiores chances de atingir precisamente alguma artéria importante do corpo, podendo inclusive atingir órgãos vitais.

Nome: [P] Ferimento Agravado II

Grupo: Humano (Anatomia e Medicina)

Efeito: +2 de danos físicos.

Descrição: Com seus conhecimentos amplos em uma medicina assassina, os golpes de Aiden concentram-se sempre em provocar mais danos, pois o médico reconhece exatamente cada ponto vital do ser humano.
Substitui "[P] Ferimento Agravado I "


Equipamentos:
▎Nome: [P] Uniforme Especial III

Imagem: Roupa: (Aqui)

Natureza: -

Tipo: Defesa

Moedas: Gratuito para o líder do grupo ou 150 moedas.

Bônus de Acerto: -

Defesa: 3 vs o primeiro dano que fosse sofrer no turno.

Recarga: -

Descrição: Roupa resistente que alguns heróis usam que não atrapalha a utilização de poderes do usuário e o protege de ataques fracos. Exemplo delas é a do X-Men, Quarteto Fantástico e etc.

▎Nome: [A] Sig Sauer P229 Elite .40 S&W

Imagem: http://images.gunsinternational.com/listings2/100439966-2-s.JPG

Natureza: Raciocínio [D]/Reflexo[T]

Tipo: Perfuração

Calibre: .40

Balas: 12+1

Moedas: 195

Bônus de Acerto: +1

Dano: 1d10+2 por tiro.

Recarga: 1 tiro por ação, máximo de 3 tiros por turno. Demora 1 ação para recarregar.

Descrição: O P229 Elite Negra é a mais nova edição para o P229 Elite e possui uma pega ergonómica beavertail, serrilhas armar frente, checkering alça da frente, Siglite ajustáveis vistas combate da noite, apertos de alumínio personalizado e Reset Gatilho curto ou SRT. Engenheiros SIG projetou o SRT para lhe fornecer a mesma grande segurança e ação suave do SIG DA / SA com um reset confortável, que é 60% mais curto para o retorno do gatilho mais rápido e controle cirúrgico durante a filmagem de alta velocidade. O P229 Elite escuro está disponível em 9mm, .357 Sig ou .40 S & W.

▎Nome: [A] Bisturi

Imagem: http://images.wisegeek.com/scapel-tool.jpg

Natureza: Inteligência[D]/Raciocínio [T]

Tipo: Corte/Perfuração

Moedas: 150

Bônus de Acerto: +1 (Apenas para quem tem perícia em medicina)

Dano: 1d10+1

Recarga: 1 ação

Descrição: Um instrumento versátil e fácil de ocultar. Aparentemente frágil, mas nem de longe pode ser considerado inofensivo. O bisturi é muito utilizado em incisões e tem um alto poder de corte limpo e preciso, podendo rasgar com facilidade qualquer pele, tendões, músculos, além de veias e artérias caso o corte aberto seja profundo o suficiente, o que não é difícil de conseguir, já que sua lâmina é extremamente afiada. Devido a sua agudeza pode se tornar uma arma potente contra qualquer um. Nas mãos de um leigo pode ser uma arma perigosa para ele mesmo, contudo, se manejado por um especialista, é capaz de se tornar uma arma mortal. Pela sua excentricidade em combate, acaba requerendo que a mente de seu utilizador seja inteligente e boa em raciocínio.

observações:


~ [url=Freakshow

~ Poderes e equipamentos NÃO usados estão em riscado

~ Palavras: 1207

~ la la la

~ Qualquer dúvida, MP!

~ Abraços!
thanks, ♛ and ▲

_________________

I'm a freak naturally
Just how I want to be
avatar
Zodíaco
Localização :
Nova York

Mensagens :
107

Dólares :
2880

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP INDIVIDUAL] Poor Guy :: Parte I

Mensagem por Tempestade em Dom Fev 12, 2017 9:49 am



UM CÉU OBSCURO PODE SER TÃO PERIGOSO QUANTO O PRÓPRIO CAOS
TEMPSESTADE

RP FINALIZADA :: 12/02/2017

Observações

Recebeu 10 PFS + 70 dólares pela RP individual.

Qualquer erro ou duvida, favor mandar MP para mim.

Obrigada pela participação no fórum e o mantenha em movimento.


avatar
Admin
Localização :
Em todos lugares..

Mensagens :
84

Dólares :
2711

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum