Fontes

[Simulador] - Amber Passinato II

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Simulador] - Amber Passinato II

Mensagem por Feiticeira Escarlate em Sex Mar 25, 2016 9:05 pm


ApexForm

.

Simulação: Ajude os idosos

Um criminoso armado até os dentes invade um asilo no centro da cidade e faz 8 idosos de reféns. A polícia cercou o local, só que o sequestrador se revelou ser um homem-bomba, e está armado com uma pistola totalmente carregada. Ele disse que qualquer invasão que ocorra acarretará na morte dos idosos e na explosão do local. Você estava por perto por algum motivo, e se sentiu na necessidade de ajudar, mas como você entrará no local?


Informações:
• 15 dias para postagem.
• Objetivo: Evitar a morte dos idosos.
• Você precisa evitar ser notado pelo sequestrador ou pela polícia.
• Um dos sequestradores é um mutante nível 5.
• Em caso de duvida entre em contato.

avatar
Admin
Localização :
--

Mensagens :
190

Dólares :
3617

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Simulador] - Amber Passinato II

Mensagem por Amber Pasinatto em Sab Mar 26, 2016 4:35 pm

"Não aceitarei nada menos que a perfeição!"
IN SEARCH FOR PERFECTION.



O comunicador de Amber emitia um sinal, porém, não se tratava de um chamado dos Vingadores, mas sim da SHIELD. A agente não odiava a "dupla jornada", visto que seu salário na SHIELD não era dos mais baixos e, além do salário triplicado, a notoriedade que ganhava pelos Vingadores era algo que saciava seu ego. Um dos veículos da Polícia pára em frente à Torre dos Vingadores, aguardando a chegada da agente. Pelas informações que recebia dentro do carro, um grupo de sequestradores havia invadido um asilo no centro de Nova York, e quando a polícia cercou o local, o provável líder deles havia se revelado como um homem-bomba e ameaçado explodir o lugar:

- Isso não faz sentido.

Amber comenta com o policial que havia lhe passado as informações, já descendo para ver o cerco que tinham feito no asilo. A SHIELD certamente a indicara para o agente responsável pela intervenção policial e do FBI no caso:

- Agente Pasinatto, da SHIELD, preciso falar com o responsável pela intervenção.

A agente fala para um dos policiais, apresentando sua credencial. Com uma expressão neutra, o policial carrancudo faz um sinal silencioso para que ela o seguisse:

- Agente Duncan, a agente da SHIELD já chegou...

O policial fala para um homem de cabelos e bigode grisalhos, que usava um sobretudo marrom:

- Agente Pasinatto, prazer em conhecê-la, sou Robert Duncan. Não note a má vontade dos policiais por aqui, eles odeiam intervenções externas de instâncias superiores.

O homem fala para Amber, apertando sua mão:

- O prazer é meu, investigador, mas não acho que seja o momento de alimentar rixas, estamos todos do mesmo lado... O que temos até agora?

A agente fala de maneira firme, indo direto ao assunto e observando o ambiente, onde um perímetro de segurança havia sido traçado para fechar o quarteirão, impedindo o trânsito de automóveis e pessoas dentro da área, que estava ocupada com policiais fortemente armados, e vans negras com a sigla do FBI:

- Um grupo formado por quatro homens armados, fazendo dezesseis idosos, quatro enfermeiros e outros sete funcionários reféns. O líder não pediu nada até o momento, e disse que tem uma bomba presa ao corpo. Fechamos um cerco mantendo o perímetro de segurança, e temos oito atiradores de elite posicionados em pontos estratégicos dos prédios, no entanto, eles não são tão altos e no momento, não achamos que uma invasão no momento seja a melhor das alternativas.

Enquanto o agente explicava a situação, Amber já sentia novamente a sensação de que algo não estava certo:

- Estão sendo distraídos. Preciso que seus agentes busquem a história do lugar do asilo antes de ser transformado em um asilo, figuras notórias que estariam envolvidas nesse processo, e seus agentes precisam buscar imagens nítidas dos quatro sequestradores, para fazer um reconhecimento facial deles.

O agente do FBI podia compreender parte do raciocínio de Amber, mas algumas partes ainda permaneciam uma incógnita para o homem. Ele passa as ordens para um dos atiradores nos prédios capturar imagens nítidas dos sequestradores através da mira de seu rifle, e em seguida passando ordens para agentes técnicos fazerem uma busca nos banco de dados das polícias através do reconhecimento facial de cada um dos terroristas envolvidos no ataque:

- Se fosse o caso de um ataque terrorista, eles já teriam mandado tudo pelos ares, e se fosse o caso de um ataque rápido independente que deu errado, eles já teriam começado a negociar. Isso me leva a pensar em uma hipótese, a de que eles estão buscando algo ou alguém que já está lá dentro, e para completar, é improvável que o responsável por isso esteja no grupo. Por isso temos que cruzar o histórico dos membros do grupo com qualquer relação acerca da história do asilo, ou achar um indivíduo ou objeto que cruze todas essas informações. Mas de qualquer forma, nossa presença aqui não é um empecilho, mas sim parte do plano de quem quer que esteja por trás disso.

Amber fala de maneira categórica. Estratégia de fato não era o seu ponto forte, visto que não conseguia captar no espaço qualquer sinal que pudesse entregar o plano adversário, mas agir de maneira tática no ambiente era algo que fazia bem:

- Bem pensado, agente. O terreno do asilo até 1989 era uma casa de imigrantes alemães, uma espécie de abrigo coletivo para famílias que haviam fugido da Alemanha de Hitler. O homem-bomba foi reconhecido no banco de dados da polícia da Ucrânia e da Interpol, Troy Hermann, ex-fuzileiro e engenheiro que atuava como terrorista nos ataques aos bancos suíços. Está acompanhado de Maurice Shang, ex-militar que atuou como braço direito do exército japonês, foi reconhecido como procurado por deserção no Japão, e por associação criminosa na Rússia. Rochelle Far-uk, ex-prostituta envolvida em diversos escândalos políticos na Turquia, Arábia Saudita, Israel e até nos EUA, ou seja, é procurada internacionalmente pela Interpol. E Sebastian Anong-Woo, hacker sul-coreano conhecido mundialmente pelo ativismo anti-capitalista e crime virtual, responsável por ataques virtuais contra o FBI, CIA, Interpol, Nasa, Casa Branca, e vários governos ocidentais, a Interpol quer a cabeça dele junto com qualquer computador que ele tenha.

A agente ouve atentamente, tendo uma leve intuição que faltava algo:

- Preciso de uma visão privilegiada. Me consiga uma mira telescópica de rifle e me leve até a posição mais alta, onde está seu atirador alfa, quero ver o que acontece lá dentro.

O agente Duncan providencia a mira que Amber havia solicitado, se dirigindo com ela até o prédio residencial mais próximo, onde um atirador estava concentrado sobre seu rifle, posicionado na beira da cobertura:

- Sábado à tarde, dia de descanso, e um homem-bomba resolve atacar um asilo. Não estamos em um dia de sorte, não é mesmo, agente?

- Lionel. E você é a Certeira, dos Vingadores, certo?

O atirador fala para Amber, cumprimentando-a:

- Mas aqui, é agente Pasinatto. Estou pela SHIELD. Então, temos quatro sujeitos... Vejamos.

Amber fala, se apoiando ao lado do atirador, um homem de porte atlético, caucasiano, de gorro e roupas pretas. Ela ajeita a mira telescópica, ajustando a lente para ter uma visão nítida do pátio do asilo... Ela podia ver os idosos sentados em cadeiras, e alguns no chão, junto com funcionários, e os quatro sequestradores no centro que pareciam conversar entre si:

- O líder suicida, o seguidor babaca, a Mulher lá que costuma trabalhar a noite vendendo seu corpo encrenqueira, e o nerd comunista.

A agente fala para si mesma, soltando um suspiro e tirando um sorriso do atirador ao seu lado:

- Droga. Ele tem uma bomba com detonador de relè invertido, olha a mão dele...

Amber comenta com o atirador, que ajusta a mira de seu rifle na mão do sequestrador identificado como Troy:

- Éramos esperados. Ele precisa ficar segurando o botão do detonador ao invés de apertar, isso faz com que não atiremos nele... Tinha razão quando disse que era parte do plano nossa presença aqui como distração...

O atirador Lionel comenta, sem desgrudar os olhos da mira de seu rifle. Amber se ajeita, e ativa o comunicador para falar com agente Duncan:

- Agente Duncan, não faz sentido a formação deles. Troy é um individualista, como todo fuzileiro... Ele é trinado para atirar de longa-distância, no entanto, é ele que está com a bomba no corpo e não tem um histórico que dê suporte a um ataque terrorista em um asilo. Maurice é um seguidor, inteligente para assumir cargos secundários, porém covarde para assumir responsabilidades de liderança, por isso sempre atuou em grupos e nunca sozinho, deveria ser ele com a bomba no corpo. Rochelle é uma sedutora, tem uma auto-estima e ego inflado que deve deixar megalomaníacos verdes de inveja, não vejo como alguém com tanta auto-estima e tato político poderia entrar num ataque potencialmente suicida. E Sebastian, apesar ser um ativista, tem como ferramenta o computador, a forma mais segura, pra quem sabe usar, de se manter protegido... Continue tentando manter uma linha de comunicação com eles, eles não agindo por eles, há alguém que os está manipulando pra fazerem isso e certamente estão se comunicando por algum código. E peça para seus agente técnicos descobrirem quem é o interno mais antigo do asilo, que talvez tenha estado no abrigo coletivo alemão...

Amber fala no comunicador, recebendo um sinal de positivo do agente Duncan. Agora que suas suspeitas começavam a se concretizar, não seria difícil compreender o que acontecia ali:

- Há quanto tempo está no FBI, Lionel?

A agente pergunta de maneira informal para o atirador:

- Faz uns três anos...

Ele responde, de maneira vaga:

- É difícil conseguir entrar... As provas físicas dizem que são ferradas, mas os testes de inteligência também são os que mais eliminam candidatos. Sempre quis entrar para o FBI, mas acabei dando sorte de conseguir SHIELD. Como foram suas notas dessas provas?

Amber pergunta novamente, como se estivesse curiosa sobre o atirador:

- Suficientes para entrar.

Ele responde de maneira direta, enquanto Amber podia ver pela sua mira telescópica que Troy, o homem-bomba, discutia com um dos idosos:

- O morador mais antigo do asilo é Sigmund Heidbergen, um imigrante alemão que foi acolhido em 1987, e permaneceu lá mesmo depois de ter sido transformado em asilo. É o único que permanece lá, e ainda é vivo.

Agente Duncan confirma a informação que Amber havia pedido:

- Certo, agente. Só confirme pra mim se é com quem Troy está falando.

A agente da SHIELD começava a confirmar alguns pontos, e com a confirmação positiva de Duncan, ela se levanta, deixando o atirador sozinho:

- Já volto. Não os perca de mira, Lionel.

Amber fala, se retirando para a cobertura, e descendo pelo elevador para falar em particular com Duncan. O conteúdo secreto da conversa se resumia a posicionar os atiradores, com exceção de Lionel, sincronizados para o melhor dos atiradores disparar no fio entre o detonador e o artefato do colete de Troy, com o segundo atirador realizar um disparo na cabeça do sequestrador, o terceiro atirar na cabeça de Maurice, o quarto atirar na cabeça de Rochelle, o quinto atirar na cabeça de Sebastian, e os dois últimos seriam mudados de posição:

- Pronto. Agora é só aguardar o sinal de fogo.

A agente fala, após voltar novamente na cobertura e se posicionar novamente ao lado do atirador Lionel. Em questão de minutos, ouve-se vários estampidos, e o corpo inerte dos quatro sequestradores estava caído no meio do pátio do asilo enquanto funcionários e pacientes tentavam sair o mais rápido dali:

- Mas como?

Lionel se pergunta visivelmente surpreso, ouvindo apenas o destravar de uma arma, e sentir o cano gelado encostar em seu ouvido direito:

- Boa tentativa, Lionel. Quem está por trás disso tudo?

Amber fala, mantendo sua pistola apontada para a cabeça do atirador, que sorri, e de forma resignada pergunta:

- Muito bom, agente. O que me entregou?

Ele pergunta, com tom de curiosidade:

- Respostas diretas. Eu te forcei a dividir sua concentração entre mirar seja lá quem você estivesse mirando, manter em mente as ordens do seu verdadeiro chefe, e ainda responder minhas perguntas, que por serem mentira, exigia um esforço redobrado.

Amber fala de maneira confiante, já sabendo qual seria a próxima pergunta:

- É um plano esperto, mas com um único detalhe... Eu não menti...

O atirador fala, ficando imóvel sob a mira da agente da SHIELD:

- Claro que não. O atirador Lionel provavelmente fez as provas e testes do FBI, no entanto, não você.

Ele abre um sorriso, já entendendo que Amber não era uma agente SHIELD ou Vingadora por acaso:

- Você falhou quando comentou sobre eu ter falado com Duncan que éramos uma distração. Eu tinha falado isso apenas para ele, não tinha como você saber a menos que fosse um psíquico, e pelo nível de concentração que usou para responder minhas perguntas, buscou essas informações na mente de Lionel, o que me leva a concluir que o está controlando mentalmente.

- Faz jus à fama dos agentes da SHIELD. Mas então, sabendo que eu estou apenas controlando mentalmente Lionel, não pode me matar e nem mesmo provar estou por trás disso tudo...

- Tem razão. Agente Duncan, pode se revelar.

Amber fala, mostrando que o comunicador estava ligado, e a conversa toda havia sido ouvida. Nesse momento, Duncan acompanhado de vários policiais e agentes entram na cobertura, mantendo suas armas apontadas para Lionel:

- Bom, parece que não tenho mais nada que fazer por aqui. Tchauzinho.

O psíquico fala, fazendo o atirador cair no chão desacordado, provavelmente desmaiado. A investigação do caso ainda não havia terminado, não para Amber, mas no momento, o ataque terrorista havia sido frustrado. Os sequestradores mortos e as informações que haviam levado para o túmulo eram um problema da Interpol, e não mais da SHIELD ou do FBI. No entanto, havia ficado uma coisa muito clara para a agente, e ela já sabia por onde começar:

"Sigmund Heidbergen, o que você andou aprontando?"

Amber pensa, já planejando o próximo passo de sua investigação, para compreender porque um psíquico iria querer a morte de um velho num asilo.

Ficha da Personagem:

Atributos:

03 Potencia
03 Reflexo
05 Intelecto
04 Raciocino

- PV'S: 108

Perícias:

- Língua (Inglês, nativa)
- Lábia
- Tática
- Detecção de Mentiras
- Psicologia
- Hipnose
- Operação de Computadores
- Sacar Rápido (Pistola)
- Arma-de-fogo (Pistola)
- Armas Brancas (Bastão)
- Artes Marciais (Muay Thai)
- Acrobacia
- Furtividade
- Sobrevivência (Urbano)
- Rastreamento

Equipamentos:

Nome: [P] Uniforme Especial III
Imagem: Aqui
Natureza: -
Tipo: Defesa
Moedas: Gratuito para o líder do grupo ou 150 moedas.
Bônus de Acerto: -
Defesa: 3 vs o primeiro dano que fosse sofrer no turno.
Recarga: -
Descrição: Roupa resistente que alguns heróis usam que não atrapalha a utilização de poderes do usuário e o protege de ataques fracos. Exemplo delas é a do X-Men, Quarteto Fantástico  e etc.

Nome: [A] SSig Sauer P226 .40 S&W
Imagem: Aqui
Natureza: Raciocínio [D]/Reflexo[T]
Tipo: Perfuração
Calibre: .40
Balas: 12+1
Moedas: 210
Bônus de Acerto: +1
Dano: 1d10+2 por tiro.
Recarga: 1 tiro por ação, máximo de 3 tiros por turno. Demora 1 ação para recarregar.
Descrição: Projetado para os julgamentos militares para substituir a de 1911, a precisão do Sig Sauer P226, manuseio e desempenho tornou a arma de escolha para diversas agências de aplicação da lei. Uma peça pega ergonômica do P226 entregar ergonomia excepcionais e equilíbrio que fazem desta pistola em tamanho real fácil de manusear. Sua maior barril de 4,4'' oferece um desempenho balístico superior e precisão. Construção durável combina um revestimento de alumínio anodizado frame da liga de preto, com um disco de aço inoxidável revestido de slides nitron. Trilho acessório integrado. SIGLITE ® vistas da noite. Acabamento em preto. Peso: 34 onças Capacidade: 12 +1 rodadas.

Nome: [A] Bastão Retrátil
Imagem: - Aqui
Natureza (Sem Tática): Potencia [D]/Reflexo[T]
Natureza (Tático): Intelecto [D]/Reflexo[T]
Tipo: Contusão
Moedas: 4
Bônus de Acerto: +3
Dano: 1d10+1.
Recarga: 1 ataque por ação.
Descrição: -

Nome: [A] Bastão Retrátil
Imagem: - Aqui
Natureza (Sem Tática): Potencia [D]/Reflexo[T]
Natureza (Tático): Intelecto [D]/Reflexo[T]
Tipo: Contusão
Moedas: 4
Bônus de Acerto: +3
Dano: 1d10+1.
Recarga: 1 ataque por ação.
Descrição: -

Nome: [A] Soqueira
Imagem: - Aqui
Natureza (Sem Tática): Potencia [D]/Reflexo[T]
Natureza (Tático): Intelecto [D]/Reflexo[T]
Tipo: Contusão
Moedas: 2
Bônus de Acerto: +0
Dano: 1d10+1.
Recarga: 1 ataque por ação.
Descrição: -

Nome: [A] Soqueira
Imagem: - Aqui
Natureza (Sem Tática): Potencia [D]/Reflexo[T]
Natureza (Tático): Intelecto [D]/Reflexo[T]
Tipo: Contusão
Moedas: 2
Bônus de Acerto: +0
Dano: 1d10+1.
Recarga: 1 ataque por ação.
Descrição: -

Habilidades:

Nome: [P] Treinamento Mental SHIELD II: Observação Perspicaz
Grupo: Nenhum
Perícia: Detecção de Mentiras
Imunidade: É imune a ao efeito de perícias desde que o atacante seja de Raciocínio igual ou inferior.
Imunidade: É imune a poderes mentais de Intelecto igual ou inferior.
Descrição: Os membros da SHIELD recebem rigoroso treinamento militar que envolve não apenas o corpo, combates físicos, e armas-de-fogo, mas também o aprimoramento das capacidades mentais de seus agentes. Neste nível, o agente é treinado em teorias e práticas de reconhecimento da linguagem corporal e quaisquer outros sinais de mentira, dissimulação, ou outras formas mundanas de coerção. OBS: Substitui "[P] Treinamento Mental SHIELD: Mente Blindada".

Nome: [P] Condicionamento Físico II: Treinamento de Velocidade
Grupo: Humano
Pré-Requisito: Pelo menos nível 1.
Reflexo: +1 nos testes.
Velocidade: 5km/h x Reflexo.
Potência: +1 nos testes.
Peso: levanta 20kg x Potência
Descrição: Amber recebeu rigoroso treinamento físico, a fim de elevar suas capacidades físicas aos extremos da capacidade humana, tornando-a uma atleta e combatente excepcional. Neste nível, a agente possui um exaustivo treinamento de velocidade e reflexos. OBS: Substitui "[P] Condicionamento Físico: Treinamento de Força".

Nome: [P] Treinamento Militar de Elite: Atiradora Precisa
Grupo: Nenhum
Perícia: Armas-de-fogo (Pistolas)
Efeito: +3 nos testes de acerto da perícia Armas-de-fogo.
Descrição: Amber recebeu rigoroso treinamento militar que envolve o desenvolvimento de capacidades físicas pra combates com armas brancas, desarmado, armas-de-fogo, e disciplina mental. Neste nível, a agente é treinada no uso de armamentos militares para precisão em suas miras.

Nome: [A] Treinamento Marcial Evasivo II: Esquiva Veloz
Natureza: Reflexo [T]
Grupo: Nenhum
Perícia: Artes Marciais (Muay Thai)
Teste: -1, Evasão.
Ação: 1
Recarga: Pode ser usado 1 vez por ação.
Descrição: Amber recebeu um intenso treinamento marcial, a fim de desenvolver suas habilidades em combate desarmado. Em uma luta, a agente consegue desviar de golpes com espantosa habilidade. OBS: Substitui "[A] Treinamento Marcial Evasivo: Esquiva".

Nome: [A] Treinamento Marcial Ofensivo: Golpe Preciso
Natureza: Reflexo [T] / Potencia [D]
Grupo: Nenhum
Perícia: Artes Marciais (Muay Thai)
Teste: +1, Ataque Físico.
Dano: 1d10+1
Ação: 1
Recarga: Pode ser usado 1 vez por ação.
Descrição: Amber recebeu um intenso treinamento marcial, a fim de desenvolver suas habilidades em combate desarmado. Em uma luta, a agente é capaz de desferir golpes bastante precisos e eficientes.

Defeitos:

- Excesso de Confiança (1 Ponto): Amber tem um ego inflado, muitas vezes superestimando suas próprias habilidades e conhecimentos. Citação: "Como assim se eu poderia fazer isso? É claro que eu faria isso, até mesmo de olhos fechados e uma mão nas costas..."

- Teimosia (1 Ponto): Por seu extenso treinamento, Amber acredita que possui as melhores táticas e estratégias, muitas vezes sendo insistente e cabeça-dura. Citação: "Aqui, esse é um plano bom, tô dizendo, eu mesma que fiz..."

- Luta Pela Fama (1 Ponto): Acima de qualquer objetivo, Amber deseja criar um legado que possa servir como inspiração para as pessoas, por gerações. Citação: "Eu não sei o que você pensa sobre heróis, mas eu não sou exatamente o Capitão América, e eu odeio gatos..."

- Inveja (1 Ponto): No fundo, Amber possui inveja de heróis, e até mesmo vilões, que já conquistaram seu espaço e fizeram seu nome... Citação: "Primeira página? De novo? Que merda o Homem-Aranha tem que eu não tenho?"

- Gula (1 Ponto): Amber pratica muitos exercícios físicos como uma forma de compensar seu apetite... E muitas vezes como uma forma descontar as frustrações, ela encontra alívio na comida... Citação: "Não, panquecas não fazem parte da minha dieta... Mas eu quero ver você vir aqui e tirar elas do meu prato!"

XXXX words for GD&TOP
avatar
Vingadores
Localização :
--

Mensagens :
30

Dólares :
3194

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Simulador] - Amber Passinato II

Mensagem por Feiticeira Escarlate em Sab Mar 26, 2016 7:13 pm


ApexForm

.

Simulação 01

Boa missão, um pouco cansativa de se ler devido ao tamanho, mas muito boa.

Recebe 48 PFs + 130 Dólares.



avatar
Admin
Localização :
--

Mensagens :
190

Dólares :
3617

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Simulador] - Amber Passinato II

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum